Jica comemora 60 anos de Cooperação Internacional

Participantes das atividades no domingo, em Indaiatuba (divulgação)
Participantes das atividades no domingo, em Indaiatuba (divulgação)

Para comemorar os 60 anos de Cooperação Internacional entre Brasil e Japão, a Jica (Agência Internacional de Cooperação do Japão) realizou, nos dias 18 e 19, programação que contou com jogos amistosos internacionais de beisebol e softbol, além de clínica para jovens atletas no ANC (Anhanguera Nikkei Clube), em Santana de Parnaíba (SP), e na Acenbi (Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba (SP).
Idealizada e organizada por Yuta Nagaura, responsável pelo escritório da Jica em São Paulo, a programação teve início no sábado, em Santana do Paranaíba, com a presença do cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi, e só terminou no fim de tarde ensolarado de domingo, em Indaiatuba.
No sábado, no Anhanguera Nikkei Clube, a chuva persistente fez com que a programação inicial fosse alterada. O jogo amistoso entre os voluntários da Jica (All Jica) e o time da casa (Anhanguera), previsto para a parte da manhã só aconteceu na parte da tarde, após esforços conjuntos dos dois times e de outros atletas de base do ANC.
Com a programação invertida, coube aos voluntários passarem seus ensinamentos aos jovens atletas na clínica de beisebol e softbol, ainda na parte da manhã. Com o campo em condições de jogo, apesar de ainda escorregadio, os atletas mostraram o talento esperado e desde o animado aquecimento, feito em conjunto, deram um grande show a quem assistia a partida. No final, 8 a 3 para o All Jica.
Já no domingo, na Acenbi, o sol foi companheiro presente em todo o dia. A programação pode ser executada dentro do esperado, com a partida pela manhã e a clínica na parte da tarde.
A partida de softbol entre o time da casa (Indaiatuba), reforçado por jovens atletas de Atibaia, e os voluntários da Jica. Novamente com muita diversão, desde o aquecimento, e muito talento em campo, o All Jica venceu por 13 a 0. Após a partida foi realizado um home run derby, vencido pelo voluntário de Indaiatuba, Takuya Hirose, com sete home runs.

Sábado no Anhanguera (divulgação)
Sábado no Anhanguera (divulgação)

Clínica – A clínica de beisebol e softbol reuniu mais de 200 crianças e adolescentes nos dois dias de evento, sendo de grande valia para os meninos e meninas das associações participantes (Anhanguera Nikkei Clube, Atibaia, Coopercotia, Gigantes, Indaiatuba, São José dos Campos e Tozan).
Respeitando a faixa etária e estágio de iniciação ao esporte de cada um dos futuros atletas, os voluntários da Jica passaram ensinamentos valiosos sobre o jogo, treinamento, preparação física e mental, e o mais importante: a se divertir com a prática do beisebol/softbol.
Mais do que simplesmente um evento esportivo, voltado ao beisebol e softbol, o que se viu, através dos ensinamentos dos voluntários da Jica – os senseis da garotada, foi uma grande aula de cidadania, respeito ao esporte e ao ambiente esportivo.

Cônsul esteve presente no sábado (divulgação)
Cônsul esteve presente no sábado (divulgação)

Voluntários – Vale ressaltar que esta é a primeira vez que os voluntários da Jica, todos japoneses, em beisebol e softbol no Brasil se reúnem. O evento, considerado “extremamente valioso” para os brasileiros que puderam assistir e/ou aprender com eles, foi tão ou mais espetacular para os 15 voluntários vindos de todos os cantos do Brasil.
Voluntários da Jica de beisebol e softbol no Brasil: Yamato Sato (Beisebol/Associação Bunkyo de São José dos Campos/São José dos Campos-SP); Takuya Hirose (Beisebol/Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba/Indaiatuba-SP); Kentaro Hosogi (Beisebol/Associação Cultual e Esportiva de Maringá/Maringá-PR); Masashi Morikiyo (Beisebol/Associação Cultural e Esportiva de Mirandópolis/Mirandópolis-SP); Naoya Takae (Beisebol/Associação Cultural Nippo Brasileira de Salvador/Salvador-BA); Ryusei Miyata (Beisebol/Manaus Country Clube/Manaus-AM); Naruki Itori (Beisebol/Associação Cultural e Fomento Agrícola de Tomé- Açú/Tomé-Açú-PA); Naoyuki Kojima (Beisebol/Anhanguera Nikkei Clube/São Paulo-SP); Daiki Takaya (Beisebol/Coopercotia Atlético Clube/São Paulo-SP); Shogo Nakazato (Beisebol/Associação Cultural e Beneficente Nipo Brasileira de Curitiba/Curitiba-PR); Haruki Baba (Beisebol/Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Atibaia/Atibaia-SP); Soma Higashi (Beisebol/Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Dourados/Dourados-MS); Shunya Yamamoto (Beisebol/Associação Cultural Nipo Brasileira de Cuiabá e Várzea Grande; Várzea Grande-MT); Yuna Takahashi (Softbol/Associação cultural e Esportiva Nipo Brasileira de Atibaia/Atibaia-SP); Ko Taniguchi (Beisebol/Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Cáceres/Cáceres-MT)

Comentários
Loading...