Japan Festival Indaiatuba Matsuri supera expectativas dos organizadores

(Aldo Shiguti)

Distante da capital paulista pouco mais de 100 km e que tem como um dos destaques o foco na educação – o município é o primeiro no Estado de São Paulo e o segundo do Brasil com melhor Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2017 –Indaiatuba foi palco da quarta edição do Japan Festival Indaiatuba Matsuri. Realizado nos dias 13, 14 e 15 deste mês, no Pavilhão Viber, pela Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba – Acenbi – com organização da Tasa Eventos – o evento apresentou, durante três dias, um panorama da cultura japonesa com shows, danças folclóricas, culinária oriental, taikô, exposições, oficinas de origami, kirigami, ikebana, mangá, cerâmica, concurso de Cosplay, concurso etapa regional do Miss Nikkey e o tradicional bon-odori.

O presidente da Acenbi, Takashi Uyeno (Aldo Shiguti)

Apesar de ainda não ter confirmação do número oficial de visitantes, o presidente da Acenbi, Takashi Uyeno, disse nesta terça-feira ao Jornal Nippak que o evento superou as expectativas. “Estávamos com um certo receio mas no final esta edição acabou superando nossas expectativas em termo de público”, explicou Uyeno, acrescentando que a expectativa era receber um público estimado em cerca de 10 mil visitantes.
Segundo ele, um dos motivos que contribuiu para o sucesso deste ano foi o novo layout, com o palco fora do pavilhão. Essa mudança estratégica, conta Uyeno, foi aprovada pelo público e bazaristas. “Os expositores conseguiram vender mais e agregou mais comodidade para o público”, disse ele, lembrando que o pavilhão passará por reformas e deverá ficar seis meses fechado. A ideia é transformá-lo verdadeiramente em um salão de eventos. “Para o próximo ano ficará bem diferente”, diz Uyeno, afirmando, no entanto, que o estacionamento continurá sendo o principal “gargalo” da festa.
“Já iniciamos conversa com a Prefeitura para, pelo menos, amenizar a situação”, revela ele, acrescentando que também deve sugerir mudanças para o Festival, o maior evento da cidade realzado no pavilhão.

Miss Nikkey – O Japan Festival Indaiatuba Matsuri foi criado a partir da fusão de dois eventos da Acenbi: o Bon Odori a Festa do Sushi. “Decidimos que realizando um único evento corríamos menos risco pois a situação do país já não era boa naquela época”, conta Uyeno, que credita o sucesso do Indaiatuba Matsuri à parceria com a Tasa Eventos.
Este ano, os destaques foram os concursos Cosplay e Miss Nikkey – este último comandado pelo ator e apresentador Kendi Yamai. Realizado no sábado à noite, o tradicional Miss Nikkey reuniu 15 participantes. No final, os jurados escolheram Maiara Fernanda Iamamoto como a representante de Indaiatuba para a grande final, que acontecerá em 2020 no palco do Festival do Japão, em São Paulo. Foram eleitas ainda: 1ª Princesa, Reimy Hannari, 2ª Princesa, Jessica Mieko Ishibashi Matsuda.
Já o concurso Cosplay, realizado no palco do festival no sábado e domingo, teve como destaque um dos jurados, Marcelo Vingaard, da Cosplay Art. Também se apresentaram nesta edição os mágicos Ossamá e Fujinkan, do The Oriental Magic Show; o mago dos balões, Luciano Takeda, os cantores Norton e Fabia Tanabe Miasake, o grupo Todos Nós e os grupos de taiko Ryuu Taiko, de Indaiatuba, Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Wadan, de Atibaia, além de grupos de dança.

O vice-prefeito Túlio Tomass (Daniel Yonamine/Mundo OK)

Beisebol e taikô – Na sexta-feira à noite, foi realizada a cerimônia de abertura com direito ao ritual do kagami biraki. Estiveram presentes, entre outros, o vice-prefeito Túlio José Tomass do Couto (representando o prefeito Nilsson Gaspar), o vereador Massao Kanesaki e o diretor da Tasa Eventos, Takao Sato, além do presidente da Acenbi, Takashi Uyeno. Takao Sato disse que o Japan Festival Indaiatuba Matsuri caminha para ser um dos maiores matsuris do interior do Estado de São Paulo. “E se é de São Paulo, podemos afirmar com toda segurança que será um dos maiores do país”, afirma Takao, que neste final de semana está em Manaus (AM) cuidando da organização do Jungle Matsuri, que acontece nesta sexta-feira, sábado e domingo no Studio 5 Centro de Convenções como programação paralela às comemorações dos 90 Anos de Imigração Japonesa na Amazônia.
Já o vereador Massao Kanesaki destacou a presença de grandes empresas no município, como a Toyota e a NGK. Segundo ele, “Indaiatuba é grande porque tem grandes parceiros”. “E aqui estamos mostrando na prática”, disse ele, referindo aos patrocinadores.

O vereador Massao Kanesaki (Aldo Shiguti)

Ao Jornal Nippak, Kanesaki detalhou dois projetos que estão sendo realizados pela Acenbi em parceria com a Prefeitura. Um deles é o Projeto Base (Beisebol em Apoio ao Sistema de Ensino), implantado desde 2015 em seis escolas municipais e que já beneficiou cerca de 3 mil alunos de 6 a 11 anos de idade.
“A ideia é abrir a prática de beisebol para alunos da rede municipal. Usando o beisebol como ferramenta de educação, eles aprendem valores da cultura japonesa”, disse Kanesaki, afirmando que, num segundo momento, a ideia é selecionar aqueles que se destacarem para formar um time próprio. Por equanto, explica, os jogadores podem integrar o time de beisebol da Acenbi. “Trata-se do maior projeto de beisebol do país”, comemora o vereador, explicando que o objetivo é fazer o mesmo com o taiko.

Exemplo – “Assim como ocorre com o beisebol, o objetivo do projeto com o taiko é criar um canal de acesso para que todos possam ter acesso ao tambor japonês”, conta Kanesaki, destacando que, inicialmente, nas oficinas da Prefeitura, serão oferecidas 100 vagas. “Cabe a Prefeitura entrar com o transporte dos alunos, a contratação do professor, a manutenção dos equipamentos e os uniformes. Num segundo momento está previsto também a aquisição de novos taikôs”, afirma o vereador.
Para o vice-prefeito Túlio José Tomass do Couto, “Indaiatuba é uma das melhores cidade do país para se viver”. “E não sou eu que estou dizendo, são os institutos que apontam que nossa cidade tem o melhor Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Se a nossa cidade hoje é um exemplo para o país é por conta de todos vocês, e a comunidade japonesa faz parte disso”, comentou o vice-prefeito.

Comentários
Loading...