Hospital Santa Cruz comemora 80 anos em 2019

Renato Ishikawa “Símbolo de união e fraternidade entre o Japão e o Brasil” (Jiro Mochizuki)
Renato Ishikawa “Símbolo de união e fraternidade entre o Japão e o Brasil” (Jiro Mochizuki)

Inaugurado no dia 29 de abril de 1939, em São Paulo, o Hospital Santa Cruz (HSC) foi resultado da cooperação entre o Brasil e o Japão, considerado na época uma das maiores instituições hospitalares do país. A história do Hospital Santa Cruz está diretamente vinculada à chegada dos primeiros imigrantes japoneses ao Brasil no início do século XX. A situação desses colonos era alarmante, pois viviam em lugares isolados, sofriam com doenças tropicais, sem assistência médica, além da dificuldade de comunicação e de adaptação às condições locais. Por isso, surgiu a ideia de organizar uma grande campanha de arrecadação de fundos junto à comunidade japonesa para construir o hospital.
Ao comemorar 80 anos de existência, a missão do Hospital permanece a mesma: proporcionar uma qualidade de vida melhor e mais saudável aos seus pacientes, oferecendo medicina de excelência e atendimento humanizado. Investe de forma constante em inovação e tecnologia aplicada em cirurgias minimamente invasivas e robótica hospitalar. Atualmente, o HSC está totalmente transformado e é reconhecido como uma das instituições mais modernas do país, tendo recebido o Selo ONA II Pleno concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).
A certificação é conquistada por instituições que atendem aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais, e apresentam gestão integrada, com processos que ocorrem de maneira fluida e comunicação plena sobre as atividades.
As parcerias que o Hospital Santa Cruz mantém com multinacionais japonesas, hospitais e os diversos intercâmbios tecnológicos e de treinamento com as Universidades de Osaka, Kyushu e Tsukuba, intensificam, de maneira bilateral, o conhecimento e fomento à pesquisa, sempre aprimorando os conceitos e os métodos aplicados na Instituição.
“Este ano comemoramos o 80º aniversário do Hospital Santa Cruz, o qual tenho orgulho de estar presidindo desde 2012, liderando com muita responsabilidade e zelando por um bem precioso, que é o símbolo da união e fraternidade entre os dois países: Brasil e Japão”, afirma Renato Ishikawa, presidente do Hospital Santa Cruz.

HSC homenageou alguns conselheiros em evento interno realizado no último dia 29 (Jiro Mochizuki)
HSC homenageou alguns conselheiros em evento interno realizado no último dia 29 (Jiro Mochizuki)

Congresso – Para celebrar a data histórica, Renato Ishikawa informa que a Instituição realizará, no dia 1º de junho de 2019, em São Paulo, o Congresso Médico Internacional do Hospital Santa Cruz, onde serão tratados diversos temas ligados ao setor da saúde e medicina no século XXI, com a participação de autoridades dos governos do Japão e do Brasil.
Atualmente, a Instituição conta com 141 leitos distribuídos em apartamentos e enfermarias, 30 leitos de UTI, além de ambulatório, pronto atendimento geral e ortopédico e dois centros cirúrgicos – um geral e um oftalmológico – capacitados para executar operações de alta complexidade entre as 43 especialidades oferecidas.
“O elo entre o Brasil e o Japão está presente até hoje também no ‘Jeito Santa Cruz de Atender’, que se baseia no omotenashi e se refere a uma prestação de serviços de qualidade e atendimento humanizado. Tanto os costumes tradicionais quanto as inovações tecnológicas implantadas no HSC têm origem nos laços que mantemos até hoje com o Governo Japonês e com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA)”, enfatiza Ishikawa.

Sobre o HSC – Fundado para auxiliar os imigrantes japoneses e com o compromisso de oferecer um atendimento médico hospitalar de excelência no Brasil, foi inaugurado em 1939 e desde então esteve sempre dedicado em proporcionar uma vida melhor e mais saudável à população. Atualmente, o Hospital Santa Cruz é reconhecido pela tecnologia de ponta em tratamentos, ações de responsabilidade social e sustentabilidade, atividades de ensino e pesquisa, além do atendimento humanizado com profissionais habilitados em língua japonesa.
Realiza mais de 1 milhão de atendimentos ao ano, com atuação integrada e multidisciplinar, tendo 46 especialidades, ambulatório, pronto atendimento e dois centros cirúrgicos, um geral e outro oftalmológico, capacitados para executar operações de alta complexidade.
Dispõe de 141 leitos distribuídos em apartamentos e enfermarias e conta com 10 leitos de UTI geral, 10 de UTI neurológica e 10 na unidade coronariana. Possui ainda uma unidade específica para o transplante de medula óssea com modernas instalações na área de hemodinâmica e serviços diagnósticos de análises clínicas e de imagem para realizar exames com precisão, segurança e agilidade.

Homenagens – Para marcar a data, o HSC realizou, nesta segunda-feira (29), evento interno com a presença de médicos, funcionários, conselheiros e colaboradores. Na ocasião, foram homenageados os conselheiros: Nabor Bernades Ferreira (in memorian), Ricardo Bernardes Ferreira (in memorian), Wilson Lobo da Veiga (in memorian), Antonio Carlos Campos Junqueira (in memorian), , Salvatore Sposato, Carmine Sposato, Gino Ruzzante, Ruy de Oliveira Pereira, Norberto Legrazie, Marcio Paschoal Conzo Monteiro (in memorian), Jorge Yaiti Arikita, Tadayosi Wada, Jorge Nagado, Renato Nakaya, Toshi-Ichi Tachibana, Luis Masuo Maruta, Roberto Nishio, Julio Kirihata, Yuli Fujimura, Mineko Tominaga e Hideto Nitta.

Comentários
Loading...