Hirofumi Ikesaki toma posse na Acal e pede ‘união’ para que bairro não seja ‘desencaminhado’

(Aldo Shiguti)
(Aldo Shiguti)

Tomou posse nesta terça-feira (5) a nova Diretoria Executiva da Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade) – Gestão 2019-2021, que mais uma vez será presidida pelo empresário Hirofumi Ikesaki. A cerimônia serviu para comemorar também o Shinnenkai (Festa de Confraternização de Ano Novo) da entidade. Estiveram presentes, além de diretores e funcionários, o cônsul geral adjunto do Consulado Geral do Japão em São Paulo, Akira Kusunoki, o deputado estadual eleito pelo PSL, Coronel Nishikawa, o vereador George Hato, o presidente do Conselho Deliberativo do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Jorge Yamashita, e o vice-presidente da entidade, Osamu Matsuo, o presidente do Hospital Santa Cruz, Renato Ishikawa, o presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão, Yokio Oshiro, o presidente da Fundação Kunito Miyasaka, Roberto Nishio, o presidente da Associação Pró-Excepcionais Kodomono-no Sono, André Korosue, o presidente da Associação Nikkey de Golfe do Brasil, Muneki Tikasawa, o presidente da Assistência Social Dom José Gaspar – Ikoi-no-Sono, Sunao Sato, o presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Yasuo Yamada, o presidente do Comitê Executivo da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, Yoshiharu Kikuchi, o sempre deputado Hatiro Shimomoto e o vice-presidente do Enkyo, Jun Suzaki, entre outros.

Yataro Amino (Jiro Mochizuki e Aldo Shiguti)
Yataro Amino (Jiro Mochizuki e Aldo Shiguti)

Abrindo a série de discursos, o presidente do Conselho Deliberativo da Acal, Yataro Amino, foi bastante enfático ao evidenciar sua preocupação com a redução do número de associados. “Gostaria de aproveitar esta ocasião solene para dar um alerta. A associação vem sofrendo uma redução no número de seus associados. Éramos entre 350 e 400 há 40 anos, mas atualmente só contamos com metade desse número. É um dado preocupante, que compromete o trabalho da nossa associação”, discursou Amino, que pediu ao recém-empossado presidente e aos novos diretores “para convidarem novos associados, pessoas interessadas que gostam do bairro e da cultura japonesa, sejam eles quem forem, brasileiros ou chineses que tenham interesse sincero na melhoria do bairro da Liberdade”, destacou Amino que, segundo apurou a reportagem do Jornal Nippak, acrescentou esta parte do discurso a mão depois dele pronto “tamanha a preocupação”.

História – Amino também usou boa parte de sua fala para contar a história do bairro, desde o seu surgimento, em 1973, quando foram instaladas as primeiras lanternas, conhecidas como “lanternas suzuran” – na época do então prefeito Miguel Colasuono, que venceu e garantiu cerca de 4 milhoes e 500 mil reis de orçamento junto à Câmara Municipal de São Paulo para executar as reformas –, até a mudança de nome da Praça Liberdade para Praça da Liberdade-Japão.
“A Liberdade, hoje, é sinônimo de Japão. Desejo profundamente que o nome ‘Liberdade-Japão’, que foi conquistado graças ao esforço e empenho dos pioneiros, seja mantido e reforçado pelos sucessores de hoje e do futuro da Acal”, disse Amino, lembrando que, “nos últimos anos, várias lojas estão sendo abertas por chineses e taiwaneses e a Festa do Ano Novo Chinês também faz parte do calendário de eventos da Praça”.
“As comunidades chinesa e japonesa têm colaborado para dar prosseguimento e força à tradição da Liberdade como Bairro Oriental”, destacou, acrescentando que o karaokê fez sua “estreia” no bairro da Liberdade e, além de restaurantes japoneses, abriga também algumas das principais entidades da comunidade nipo-brasileira, como o Bunkyo, Enkyo, Kenren e a Associação Okinawa Kenjin do Brasil.

Hirofumi Ikesaki (Jiro Mochizuki e Aldo Shiguti)
Hirofumi Ikesaki (Jiro Mochizuki e Aldo Shiguti)

União – Para Ikesaki, “é fundamental que o bairro da Liberdade não seja desencaminhado”. “Cada nação tem sua grande importância na tradição, nos costumes, na cultura, e nós temos essa obrigação de manter tudo isso, pois o Estado de São Paulo concentra a maior comunidade japonesa fora do Japão”, disse Ikesaki, que pediu “união” para “mantermos vivos os desejos dos fundadores do nosso bairro”.
“Gostaria de contar com a ajuda desta Diretoria e de toda a comunidade – lojistas, bancos, empresários, profisisonais liberais e moradores – para que o nosso bairro seja mais limpo, mais atrativo, mais agradável, mais organizado e mais seguro. Com a união, harmonia e comprometimentro de todos, faremos da Liberdade um bairro exemplar na cidade de São Paulo”, explicou o empresário, que citou os eventos promovidos pela Acal durante o ano – Shinnenkai, Hanamatsuri (Festa das Flores), Tanabata Matsuri (Festival das Estrelas), Karaokê Taikai (Concurso de Karaokê), Toyo Matsuri (Festa Oriental) e o Moti Tsuki Matsuri (Festa do Bolinho da Prosperidade).

Marco – Em especial, Ikesaki destacou o Tanabata Matsuri, que atrai mais de 200 mil visitantes em dois dias, e o Moti Tsuki Matsuri , que distribui mais de 40 mil bolinhos da prosperidade gratuitamente ao público no último dia do ano. “Estas festas, realidas pela Acal há mais de 40 anos, são consideradas as maiores do mundo”, afirmou Ikesaki, que novamente exaltou a parceria com a Pefeitura e o Governo do Estado, que, no ano passado, renomearam a Praça da Liberdade-Japão e a estação da Linha 1-Azul do Metrô para Japão-Liberdade.
“Acho que não existe marco mais importante para a comunidade nikkei do que estes, que representa toda a história vivida e a trajetória da nossa colônia, que imigrou para o Brasil e foi recebida de braços abertos pelo povo e pelo governo brasileiros”, assegurou Ikesaki, que cobrou dos novos diretores “esforço e dedicação constante de todos”.
“Precisamos fazer, realizar, definir e buscar soluções. Essa é a missão de cada um dos diretores que assumem hoje”, finalizou Ikesaki.

Diretoria Executiva da Acal – Gestão 2019/2021

Conselho Deliberativo

Presidente: Yataro Amino
1º Vice-Presidente: Atsushi Yamauchi
2º Vice-Presidente: Yoshiharu Kikuchi
1º Secretário: Selva Mara S. Ferreira
2º Secretário: Francisco N. Sato
Conselho Consultivo: Harumi Goya, Akeo Yogui, Yasuo Yamada, Yokio Oshiro, Joaquim A. Medeiros, Raul Takaki, Sadao Onishi

Diretoria Executiva

Presidente: Hirofumi Ikesaki
1º Vice-Presidente: Tetuya Fujimoto
2º Vice-Presidente: Pedro Yano
3º Vice-Presidente: Tamaki Yamamoto
Diretor Secretário Geral: Selva Mara S. Ferreira
Diretor 1º Secretário: José Alarico Rebouças
Diretor 2º Secretário: Hiroyuki Hino
Diretora Tesoureira Geral: Yuko Kobayashi
Diretora 1º Tesoureiro: Marina Tikazawa
Diretor 2º Tesoureiro: Toshio Yamao

Conselho Fiscal Efetivo

1º Titular: Tsuguo Kondo
2º Titular: Hiroshi Kawazoe
3º Titular: Akio Ogawa

Conselho Fiscal Suplente

1º Suplente: Hiromi Hirata Yamao
2º Suplente: Kiyossi Iwai
3º Suplente: Jany H. O. Hatanaka

Assessor de Assuntos Presidenciais: Hisaji Akimura
Diretor Administrativo: Kiyoshi Hashimoto
Depto. de Comunicação Interna e Jornal, Internet: Francisco N. Sato
Diretor de Assuntos Comunitarios: José Alarico Rebouças
Diretor de Assuntos Governamentais: Yasuyuki Hirasaki
Diretores de Assistencia Social e de Promoção Humana: Jany H. O. Hatanaka
Diretor de Alfabetização em Japonês: Yasuji Baba
Diretor de Eventos Culturais: Kazuo Osaka / Yasuji Baba
Diretor de Eventos e Sociais: Massayoshi Furuno
Diretor de Cursos e Palestras: Victor Kobayashi
Diretores de Cerimonial: Carlos Takahashi / Jorge Suzuki
Diretores de Eventos Artísticos: Hisaji Akimura / Hiroshi Kawazoe
Diretor de Taikô: Pedro Yano
Diretora Coordenadora de Taikô: Marta Yamao
Diretor de Segurança: Paulo Yamana
Diretor de Esportes: Helio Takio Otaki
Diretores de Ginástica Radio Taisso: Nobukazu Kanomata / Myriam Miyamoto
Diretora de Ginástica Rizumu Kenko Taiso: Itsuko Ichida
Diretor de Patrimônio e Captação de Recursos: Shinji Terahara
Diretores de Assuntos Jurídicos: Jussara Citroni Modaneze / Danilo Fujita
Diretores de Relações Pública e Comunicação: Mauricio Kobayashi / Selva Mara S. Ferreira
Diretor de Marketing: Akio Ogawa
Diretor de Karaokê: Toshio Yamao
Diretora de Canto e Música: Marta Yamao
Diretora de Dança Japonesa – Odori: Yasue Hasui
Diretora de Dança Moderna Ocidental: Lilly Mutai
Diretor de Operação em Eventos: Kiyossi Iwai
Diretoras de Infanto-Juvenil: Regina Kondo / Lilian M. Yamamoto
Comissão Coordenadora da Feira da Liberdade: Eiko Kotsubo Tabeta / Tsuguo Kondo /Tetuya Fujimoto /Paulo Mizumoto/José Alarico Rebouças

Comentários
Loading...