Hirai Masato e coletivo Casa Yugafu promovem exposição ‘Pensar a Arte com as Mãos’

Participam em São paulo obras de 30 artistas do Coletivo Casa Yugafu (Facebook/Yugafu)

O artista plástico Hirai Masato, coordenador do Coletivo Casa Yugafu, e seus integrantes expõem pela primeira vez as suas obras no Brasil.
Na exposição, o público poderá conferir obras de tingimento em tecidos, cerâmicas, teares, caligrafias, fotografias e artesanato que dialogam com a cultura tradicional de Okinawa.
Além da exposição, será apresentado o seminário-demonstração O katazome contemporâneo e o resgate do trabalho manual, nos dias 2 e 3 de novembro.
Todas as atividades buscam promover o intercâmbio dos artistas com o público brasileiro, bem como resgatar a valorização dos saberes e das técnicas dos antepassados, voltados para a criação de objetos com base nos trabalhos manuais e as expressões artísticas.
Participam da exposição em São Paulo obras de 30 artistas do Coletivo Casa Yugafu, dentre os quais, 14 estarão presentes no período do evento.
Os eventos são promovidos pelo Grupo de Estudos sobre Patrimônio Cultural Local – Coletivo Casa Yugafu, Escola de Comunicações e Artes – ECA / Departamento de Artes Plásticas – CAP da Universidade de São Paulo – USP e Grupo de Estudos Arte Ásia (GEAA). Contam com o apoio da Fundação Japão e Japan House São Paulo, e colaboração da Província de Okinawa, Kobe municipal Board of Education, Okinawa Times e Ryukyu Shinpo.

Quem é – Nascido em Kobe, em 1950, Hirai Masato estudou as técnicas do tingimento artesanal em Kyoto. Sua primeira exposição aconteceu em 1976, em Kyoto. Em 1978, mudou-se para Okinawa, ilha do extremo sul do Japão, onde aprendeu técnicas de tingimento utilizando o estêncil (katazome) e, especificamente, a do tingimento tradicional de Okinawa, conhecida como a arte bingata.
Desde então, tem desenvolvido sua expressão artística própria.
Profundamente influenciado pelas características regionais e históricas de Okinawa, seus trabalhos são inspirados pela expressão local Yugafu, que significa paz e prosperidade. É também membro do grupo Asia Fiber Art, professor da Universidade de Belas Artes da Cidade de Okinawa e da Universidade de Artes e Design de Kyoto.

Coletivo Casa Yugafu – Fundado em 2009 e além da produção artística seus integrantes pesquisam sobre patrimônio cultural local e trabalho de recuperação da tradicional casa camponesa Yugafu, localizada na província de Hyogo, Japão

Exposição Pensar a Arte com as Mãos
Quando: De 29 de outubro a 1º de novembro. Horário: das 10h às 20h (dia 29 até 22h). Coquetel de abertura: 29 de outubro, das 18h às 22h
Onde: Espaço das Artes (EdA), antigo Museu de Arte Contemporânea (MAC): Rua da Praça do Relógio, 160, Cidade Universitária, São Paulo

Seminário-demonstração O katazome contemporâneo e o resgate do trabalho manual
Datas e horários: 2 de novembro de 2019, das 15h às 16h30 | 3 de novembro de 2019, das 15h às 16h30
Local: Japan House São Paulo – Sala de seminário
Endereço: Av. Paulista, 52 – Bela Vista
Participação gratuita, com retirada de senha 1 hora antes no local.
Haverá tradução consecutiva

Comentários
Loading...