HAICAI BRASILEIRO: Trinado – Flor de caju – Serra vernal

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão. 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG. 

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade. 

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa. 

Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo-SP
E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br
Cc. ashiguti@uol.com.br

 

TEMAS DE OUTUBRO

Trinado – Flor de caju – Serra vernal

 

Por todo o quintal
um trinado coletivo:
Vagueia o olhar.
Benedita Azevedo
Magé, RJ

Riso dos colegas –
Nos cabelos da menina
flores de caju.
Benedita Azevedo
Magé, RJ

da varanda vejo
o viçoso matagal
trinados ao longe
Carlos Viegas
Brasília, DF

Com bela paisagem
desço a serra vernal –
Lá deve estar sol…
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

de madrugadinha
trinados da passarada
regendo a manhã
Débora Novaes de Castro
São Paulo, SP

longo trinado –
de um pássaro inominado
será um chamado?
Elisa Campos
São Paulo, SP

No calor da tarde
trinados harmoniosos
na sombra das folhas
Irene Fuke
São Paulo, SP

o dia começa –
um trinado interrompido
perto da janela
José Marins
Curitiba, PR

Sem ver mais razão
nas notas de agora, traga
trinados de outrora.
Kazan Tora
São Paulo, SP

Soneca da tarde –
Ao som de trinados
avô adormece
Madô Martins
Santos, SP

Viagem de trem.
Ao longe, a serra vernal
e tanta querência!
Mário A. J. Zamataro
Curitiba, PR

Trinados na praça –
O assobio do gari
imita os pássaros
Regina Alonso
Santos, SP

Logo ao acordar,
Identifico os trinados
Ao redor de casa.
Reneu Berni
Goiânia, GO

Rebrilha ao sol
A bela serra vernal,
Repleta de cores.
Reneu Berni
Goiânia, GO

no alto da árvore
aquela flor de caju
está mais vistosa
Rose Mendes
Ilhabela, SP

o sol nem nasceu
e já por todos os cantos
alegres trinados
Seishin
São Paulo, SP

Na noite escura
Amanhece com trinados
O Sol no horizonte…
Yone
São Paulo, SP

Campo abandonado –
flor de caju desabrocha
sem ninguém pra ver.
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de novembro (postar até 10 de outubro)
Colibri – Jacinto – Quinze de novembro

Temas de dezembro (postar até 10 de novembro)
Dália – Jabuti – Panetone

Comentários
Loading...