HAICAI BRASILEIRO: Trinado – Flor de caju – Serra vernal

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão. 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG. 

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade. 

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa. 

Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo-SP
E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br
Cc. ashiguti@uol.com.br

 

TEMAS DE OUTUBRO

Trinado – Flor de caju – Serra vernal

Passeio no campo –
Nossa, a plantação viceja
na serra vernal.
Benedita Azevedo
Magé, RJ

Sopra um vento forte:
Chuva de flor de caju
nos cabelos brancos.
Benedita Azevedo
Magé, RJ

manhã luminosa
trinados por todo lado
descansam meus olhos
Carlos Viegas
Brasília, DF

Um novo acordar
com trinados variados.
Cachorrinha dorme.
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

pendentes buquês
de flores de cajueiros
encanto e promessa
Débora Novaes de Castro
São Paulo, SP

flor de caju –
já circunda sobre o vaso
seu doce perfume
Elisa Campos
São Paulo, SP

No vidro do ônibus –
serra vernal refletida
mesclam cor e sol…
Irene Fuke
São Paulo, SP

tão velha, tão nova,
a Estrada da Graciosa –
ah, serra vernal!
José Marins
Curitiba, PR

Flores de caju
já visíveis no pomar –
Logo haverá frutos
Madô Martins
Santos, SP

Primeiros trinados.
Agitando o calçadão,
os adolescentes.
Mário A. J. Zamataro
Curitiba, PR

Flores de caju –
Ao leve sopro do vento
balançam nos ramos
Regina Alonso
Santos, SP

Pescando no córrego,
Sinto um odor agradável –
Flores de caju.
Reneu Berni
Goiânia, GO

São tantos trinados,
Aqui, ali, acolá –
Passeio no bosque.
Reneu Berni
Goiânia, GO

suave trinado
preenche por instantes
a morna manhã
Rose Mendes
Ilhabela, SP

serra vernal –
uma árvore florida
depois outra
Rose Mendes
Ilhabela, SP

pende perfumada
ao vento leve da tarde
a flor de caju
Seishin
São Paulo, SP

Numa serra vernal
A sinfonia dos pássaros
Entre capins e ninhos
Yone
São Paulo, SP

Trinados sem fim –
pra que tanta cantoria
às três da manhã?
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de dezembro (postar até 10 de novembro)
Dália – Jabuti – Panetone

Temas de janeiro de 2020 (postar até 10 de dezembro)
Coco – Água-viva – Calendário novo

Comentários
Loading...