Haicai Brasileiro: Flor de caju (tema para outubro)

Edson Kenji Iura
O cajueiro é originário do nordeste do Brasil, mas foi levado pelos portugueses para a Índia e de lá chegou ao sudeste asiático e à África. Hoje, os maiores produtores mundiais de sua apreciada castanha são Vietnã, Índia e Tanzânia. Quanto à sua floração, se dá a partir de panículas (cachos) que agrupam flores pequenas e numerosas de cor rósea e cinco pétalas. Seu perfume atrai muitas abelhas. As flores de caju brotam logo após as primeiras chuvas do fim da estação seca. Por serem tão associadas à floração dos cajueiros, essas precipitações são chamadas de chuvas-de-caju. Rapidamente, porém, o pedúnculo da flor (sua haste) se hipertrofia, dando origem a um pseudofruto suculento (o caju propriamente dito), enquanto seu ovário se desenvolve em castanha (fruto verdadeiro).

Um mundo distante
que recende no mural:
Flores de caju.
Gijindô Kurihara

Comentários
Loading...