HAICAI BRASILEIRO: Dourado – Pinha – Trote

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão. 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG. 

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade. 

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa. 

Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo-SP
E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br
Cc. ashiguti@uol.com.br

 

TEMAS DE MAIO

Dourado – Pinha – Trote

No dia do trote,
o exemplo dos calouros:
doação de sangue.
Antônio Seixas
Magé, RJ

Na água a batida
do peixe na escuridão –
Será um dourado?
Carlos Martins
São Paulo, SP

muitos ribeirinhos
às margens do Velho Chico
pesca do dourado
Carlos Viegas
Brasília, DF

Após longa espera
O dourado no anzol –
Sorriso do pai.
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

trote beneficente
alegres caras pintadas
no cruzamento
Débora Novaes de Castro
São Paulo, SP

Ah, dourado…
num cochilo do pescador
escapa do anzol
Elisa Campos
São Paulo, SP

Pescador feliz!
Exibe o belo dourado
pescado no rio.
Iraí Verdan
Magé, RJ

Trote aos calouros –
farinha, tinta, careca…
Irreconhecíveis!
Irene Fuke
São Paulo, SP

ah, recordação!
o dourado fumegando
em cima da mesa
José Marins
Curitiba, PR

Menina se espanta
na pesca do dourado –
Quantos cabem no rio?
Madô Martins
Santos, SP

Mercado de peixe –
Duas turistas disputam
último dourado.
Mahelen Madureira
Santos, SP

Chegam os calouros
sempre surpreendidos
pelos trotes
Manuel Martins
Rio de Janeiro, RJ

Retesa a linha
de repente brusco salto –
Dourado dos rios.
Mario Isao Otsuka
São Paulo, SP

sorriso especial –
pescador banguela exibe
enorme dourado
Regina Alonso
Santos, SP

O som e o brilho
Dos dourados em cardume,
Subindo o rio.
Reneu Berni
Goiânia, GO

que boa sorte!
o dourado fisgado
vai nadar de novo
Rose Mendes
Ilhabela, SP

da água à mesa
sem perder o encanto
peixe dourado
Seishin
São Paulo, SP

Pescador se queixa
dos dourados que sumiram
– ah, rio de outrora…
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de junho (postar até 10 de maio)
Frio – Poinsétia – Roupa caipira

Temas de julho (postar até 10 de junho)
Julho – Salsão – Casaco

Comentários
Loading...