Exposição individual de Erica Mizutani revela abstração e sentimentos nas telas e no papel

A artista Erica Mizutani, que vai expor no Atelier Quimera (Divulgação/Facebook Erica Mizutani)
A artista Erica Mizutani, que vai expor no Atelier Quimera (Divulgação/Facebook Erica Mizutani)

No próximo dia 1º de junho, a artista plástica Erica Mizutani promove uma exposição individual no Atelier Quimera, na Alameda Nothmann, 280. As obras estarão expostas das 16h às 22h, todas elas inéditas e à venda no local.
Serão trabalhos de acrílica sobre tela e ilustrações em papel de algodão, representando a atual fase da artista, que já há algum tempo buscava a abstração.
“É como se eu quisesse expressar o que eu sinto mais do que aquilo que vejo. Percebo que quanto menos figurativo, mais sentimentos as obras podem trazer, sentimentos diferentes e maneiras diferentes de sentir a obra, que agora é menos literal, menos explicativa”, conta Erica.
A mudança estética que poderá ser vista nesta exposição é fruto de todo o trabalho realizado até agora, acompanhada de uma mudança interior.
“Seria muito difícil chegar nesta abstração sem ter passado pelo figurativo. Foram estes trabalhos anteriores que me permitiram, hoje, conseguir passar um pouco mais do que eu sinto dentro de mim, colocar meus sentimentos através das cores e das formas abstratas.”
Toda essa gama de sentimentos da artista é fruto de sua trajetória multicultural, quase nômade, de alguém que já alternou a vida do caos da cidade grande ao meio do mato, viajando pelo mundo em busca de inspiração, mas sempre conciliando os papeis de artista e mãe.

Mizulina – Na exposição haverá um espaço totalmente dedicado à Mizulina, uma personagem cheia de emoções e personalidade forte. Com suas meias listradas e bochechas rosadas, Mizulina flutua em muros e paredes, ao lado de minhocas, taturanas e outros seres encantados.
Cheia de fãs por todo o país e até mesmo no exterior, Mizulina estará presente em impressões em fine art, que também estarão à venda no dia.

Exposição individual Erica Mizutani
Quando: Dia 1º de junho (sábado)
Horário: das 16h às 22h
Onde: Atelier Quimera (Alameda Nothmann, 280, Campos Elíseos, São Paulo)
Valores: R$ 300 a R$ 7 mil
Pagamento: à vista ou cartões de crédito e débito

Artista começou carreira como editora de arte e hoje tem trabalho no exterior

Do extremo norte do arquipélago japonês, o avô trouxe na bagagem o ofício de escultor. No Brasil, transmitiu para a família os primeiros genes artísticos. O pai, artista e publicitário, e a neta, a artista plástica Erica Mizutani.
Trabalhando em diversas mídias, papel, telas, paredes, livros, muros e colagens, o trabalho de Erica revela detalhes de sua vida pessoal, influências culturais e familiares.
Versátil, a artista começou sua carreira como editora de arte, mas hoje deixa a sua marca em telas, paredes, livros, estampas de roupas e calçados e até shapes de skate.
Seus murais podem ser vistos em diversas partes do Brasil e também no exterior. No Rio de Janeiro, participou do maior evento de grafite do Brasil, o ART RUA e, em 2016, esteve pela primeira vez em Paris, levando sua arte para o Le M.U.R. (Modulable, Urbain et Réactif). Em 2017, voltou à capital francesa para participar do mural efêmero 13’or urbain. Neste mesmo ano, foi convidada a levar sua arte para a fachada do Itaú Cultural, localizado na Avenida Paulista.
Mais recentemente, produziu um mural na sede paulista do Facebook. Em 2018, esteve em Bruxelas, para a exposição coletiva “Bruxelas encontra São Paulo”, ao lado de artistas belgas, no festival de arte e música da Cerveja Illegaal.
Os trabalhos de Erica Mizutani também foram temas de reportagens e ilustraram publicações nacionais e internacionais, como a revista americana AFAR, revista japonesa Bijutsu-Techo e peças gráficas para marcas como Adidas, Concha y Toro e Close Up.

Comentários
Loading...