ERIKA TAMURA: Show “Amigos 20 Anos”

Quem me acompanha sabe que estou no Brasil atualmente, passando uns dias de férias com a minha família. Portanto, vou falar um pouco sobre os meus dias aqui, e deixar o Japão para os outros artigos.
Fui convidada pela Caldi Comunicação (assessoria de imprensa da dupla Zezé di Camargo e Luciano), para ir até Belo Horizonte e assistir ao show dos “Amigos – 20 anos”. E confesso que amei!
Que show!!!
Para quem não sabe, sou de Araçatuba, interior de São Paulo, cresci ouvindo música sertaneja, e Chitãozinho e Xororó, Zezé di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo, fazem parte da minha vida desde sempre.
Para mim, foi emocionante estar ali, na estréia desse show, que pela primeira vez, será uma turnê. Finalmente conseguiram conciliar as agendas dos artistas e eles irão rodar o Brasil com esse show.
Show esse que não inclui apenas música boa (que só por isso já seria um ótimo motivo para ir ao show), o show abrange muito mais que isso. O nome amigos, não é à toa, eles são amigos de verdade mesmo! Eu acompanhei os bastidores e vi isso com meus próprios olhos.
Sabe aqueles amigos que você compartilha os bons e os maus momentos, e que mesmo que não encontre com frequência, o sentimento não muda? Então, são eles!
A sintonia é tão boa, que fica impossível não se emocionar com um showzaço desse.
Eu vi Xororó emocionado o show inteiro, eu vi o Chitãozinho abraçando Leonardo várias vezes, como se dissesse; “ Estou aqui, para o que der e vier”. Vi Luciano com lágrimas nos olhos, olhando para o público quase chorando, vi o Zezé tocando sanfona para Chitãozinho e Xororó, e todos eles lembrando do Leandro. Que momento!
Mas sabe o que foi mais legal e emocionante? Foi ver o pùblico todo feliz!! Eu estava lá e presenciei tudo isso, vi um público dançando, cantando, sorrindo, chorando…
Vi jovens, adultos, idosos, todos se divertindo. Até comentei que parecia festa junina de igreja! Aquelas festas que vai a família toda, e todos vão embora felizes, porque se divertiram muito!
E foi assim, quando fui embora, as pessoas na minha frente estavam indo embora dançando, felizes, cantando os sucessos dos amigos. Não vi ninguém brigando, ninguém bêbado, não vi ninguém causando, pois o motivo maior para estrem ali era curtir o momento, e vivenciar esse show histórico.
Para quem não curte música sertaneja, pode não dar tanta importância assim para esse evento, mas tem que reconhecer que é um momento marcante. Em japonês falamos “Sugoi!”, traduzindo; incrível! Em vários momentos eu repetia essa palavra, sugoi, pois não tem como descrever o show.
Agradeço à Arleyde Caldi por me proporcionar esses momentos de felicidade, o tempo que passo no Brasil pode ser curto, mas tem muita qualidade, pois eu sou abençoada demais.

Comentários
Loading...