ERIKA TAMURA: Oscar Oiwa – Journey to the ligh

Semana passada, tive a honra de me encontrar com o grande artista Oscar Oiwa, em Tóquio, no Japão. Mais uma vez, Oiwa está no país para a abertura de uma exposição referente à sua obra chamada “Journey to the light”, que acontecerá em Kanazawa.
Para quem não sabe, Kanazawa, que fica na província de Ishikawa ken, no Japão, é um grande centro cultural. Para os amantes de arte, é uma delícia passear pela cidade. E o museu 21 st Century Museum of Contemporany Art, é uma referência no mundo artísitico, todos os artistas sonham em ter suas obras expostas nesse museu.
Acho que Oscar Oiwa, dispensa apresentações. E eu, particularmente sou suspeita em tecer quaisquer comentários, pois sou muito fã. Não sou nenhuma especialista em arte, mas sou apreciadora e interessada no assunto.
Faço questão de prestigiar e divulgar os trabalhos do Oiwa, primeiro porque acho lindos e icônicos, segundo porque não existe melhor pessoa para representar culturalmente o elo entre Brasil e Japão.
Existem outros artistas para essa representatividade? Sim! Tomie Ohtake, Manabu Mabe são exemplos. Mas vivo e muito ativo, somente Oscar Oiwa, na minha opinião.
Portanto, quando se fala em movimento cultural Brasil-Japão, a única referência que tenho em mente é o Oiwa.
E acho que, não sou só eu que percebi isso, pois o Ministro Conselheiro da Embaixada do Brasil no Japão, Francisco Canabrava, ressaltou em seu discurso, na abertura do evento, exatamente o ponto em que Brasil e Japão, apesar da distância, são países muito próximos e com muitas afinidades. E que, Oscar Oiwa, transita por esses dois mundos facilmente, o que pode ser considerado uma grande simbologia em relação aos dois países. Tivemos no ano passado, a comemoração dos 110 anos do tratado de amizade e cooperação entre Brasil e Japão, e esse ano comemoramos 30 anos do movimento migratório de brasileiros no Japão. Por isso devemos enaltecer o trabalho de quem é sucesso no mundo, e que representa muito bem os dois países.
Atualmente, Oiwa, reside em New York, mas é um brasileiro que já viveu no Japão. Vivenciou o dia a dia do cotidiano japonês e mais, trabalhando ativamente em suas obras. Tanto é que existe uma influência nipônica em sua arte. Mas também existe o lado brasileiro.
Para quem está no Japão, e tiver a oportunidade de visitar o prédio da Embaixada do Brasil em Tóquio, verá uma parede de vidro, pintado por Oscar Oiwa. E eu falo com muito carinho dessa obra, pois tive o privilégio de ver essa obra ser desenvolvida e, estar presente em sua inauguração. Realmente, um sonho realizado!
Sempre que eu vou a casa oficial do Embaixador do Brasil, em Tóquio, me deparo com um quadro imponente na sala de jantar, e que me chama muito a atenção. Qual não foi a minha surpresa em saber que é uma obra do Oscar Oiwa!
Sempre bati na tecla que, os brasileiros têm muito a oferecer ao Japão, e em diversas áreas. Na parte cultural, temos uma imensidão de riquezas que envolve, desde música à gastronomia. E quando falarmos em quadros, pinturas, artista, obras, temos que lembrar e citar Oscar Oiwa, que mesmo muito quieto, e trabalhando em seu mundo, vivendo nos Estados Unidos, viaja o mundo levando o nome do Brasil, levando na bagagem, muito talento!
Sinto-me uma pessoa privilegiada em poder conhecer Oscar Oiwa pessoalmente e, poder apreciar a sua arte. Mas também sinto orgulhosa em ver um brasileiro fazendo sucesso mundo a fora.
Para quem tiver interesse, a exposição do Oscar Oiwa em Kanazawa será de 27 de abril à 25 de agosto, no 21st Century Museum osf Contemporany Art.

Comentários
Loading...