Em sua 23ª edição, Sakura Matsuri acontece neste final de semana e nos dias 13 e 14

(Arquivo/Aldo Shiguti)

Depois de 2018, quando foi realizado em três dias aproveitando o feriado estadual de 9 de julho – Dia da Revolução Constitucionalista – este ano, o 23º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos acontece em dois finais de semana (6,7, 13 e 14), no Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque (SP). Segundo o vice-presidente da Comissão de Administração do Centro Esportivo Kokushikan Daigaku e um dos coordenadores, Celso Mizumoto, além de “aliviar” o congestionamento que costuma se formar próximo ao Kokushikan, a medida também tem como objetivo usufruir melhor a estrutura que é montada para o evento. “Assim o público terá mais tempo para apreciar a florada”, explica Mizumoto, acrescentando que, pela experiência do ano passado, “não dava voltar para dois dias”.
“A cada ano que passa, o público do Sakura Matsuri aumenta gradativamente. Em 2018 foram quase 25 mil visitantes em três dias, sendo que o público de segunda-feira foi consideravelmente maior que o de sábado”, disse Mizumoto, afirmando que se, se voltássemos para dois dias, “voltaríamos também a ter as mesmas reclamações que vínhamos tendo”.
“Desde o ano passado mudamos um pouco o layout para ajudar o trânsito a fluir melhor. Nossa preocupação é sempre a de oferecer mais conforto e comodidade aos frequentadores”, conta o também coordenador Kenji Kiyohara, explicando que, este ano, o problema é que o primeiro final de semana coincidirá com a o Festival do Japão, que acontece nos dias 5, 6 e 7 no São Paulo Expo.

Praticantes de Kenkô Taisso realizam exercícios ao ar livre aproveitando o cenário convidativo (Arquivo/Aldo Shiguti)

“Por isso, colocamos a nossa abertura oficial para o dia 13”, conta Kiyohara, acrescentando que assim todos poderão contemplar não só as cerejeiras como também apreciar as obras do Pavilhão Kazuo Harasawa, considerado o principal legado dos 110 Anos da Imigração Japoonesa no Brasil.
“As chuvas atrapalharam um pouco, mas as obras estão indo bem. Faltam apenas a parte da estrutura de madeira e o acabamento”, diz Celso Mizumoto, admitindo que “gostaríamos que as obras estivessem um pouco mais adiantadas”. “Infelizmente, não podemos prever as intempéries da natureza”.
Quando estiver pronta, o espaço multiuso deve ser utilizado para eventos. De acordo com o vice-presidente do Bunkyo, Jorge Yamashita, o local terá capacidade para abrigar cerca de 300 pessoas no salão principal.

Praça de Alimentação é sempre muito concorrida (Arquivo/Aldo Shiguti)

Atrações – Fora isso, Celso Mizumoto, explica que este Sakura Matsuri reúne as mesmas atrações que conquistaram o público na Praça de Alimentação, Praça dos Bazaristas e shows artísticos. Além disso, ao lado do Bosque das Cerejeiras estarão montadas as tendas da Ciranda Cultural – atividade que também se estende para o Ginásio de Esportes.
“Aliás, esta é uma das novidades nesta edição”, ressalta Mizumoto, lembrando que nos anos anteriores, a utilização do Ginásio esteve proibida pelos bombeiros. No entanto, “no final do ano passado, obtivemos a licença para seu uso em eventos públicos”.
De acordo com ele, para esse local estão programadas várias atividades culturais, com destaque para o Clubinho da Honda que, além das orientações básicas sobre a segurança no trânsito, oferece várias atrações às crianças, incluindo voltinhas nas minimotos.

Crianças participam das atividades da Ciranda Cultural (Arquivo/Aldo Shiguti)

Exposição – “Nosso festival é uma oportunidade para as pessoas saírem de suas casas e fazerem um passeio num local cercado de verde, enfeitado pelos pés das cerejeiras floridas”, assegura o coordenador, explicando que as tendas da “Ciranda Cultural” terão oficinas de várias especialidades da cultura japonesa (ikebana, bonsai, origami, patchwork e cerâmica).
Nesta edição, a novidade é que a Ciranda Cultural estendeu seu circuito para o Ginásio de Esportes, que fica ao lado do Bosque das Cerejeiras.
Junto com o Clubinho da Honda, os visitantes terão as oficinas de oshibana, de pipas, de furoshiki, horóscopo oriental, go e etiqueta japonesa. No local também será montada a Exposição Fotográfica: “2018, ano do 110º aniversário da imigração japonesa”, com imagens das comemorações realizadas em São Paulo e região sudoeste”, juntamente com o Concurso Bunkyo de Fotografias.
Na parte externa do Ginásio, nas instalações do Cotia Seinem, estará sendo realizada a cerimônia do chá ao lado do jardim japonês.
Para quem não está disposto a caminhar, a solução será tomar o trenzinho que estará fazendo esse percurso continuamente.
E não menos importante, os organizadores contam com a ajuda do tempo para que os 400 pés de cerejeiras – a maior parte do tipo Okinawa (o local também conta com as variedades Himalaia e Yukiwari) estejam floridos.

Jorge Yamashita, Celso Mizumoto, Kendi Fukuhara e Kenji Kiyohara

Transporte – Nos quatro dias haverá serviço de transporte fretado com saída e retorno em frente à sede do Bunkyo, à Rua São Joaquim, 381, na Liberdade (próximo à estação São Joaquim do metrô).
Nos dias 6 e 7 as saídas serão em dois horários, às 8 e às 9 horas, com retorno às 16 e 17 horas, respectivamente.
No dia 13 (sábado), serão três horários – às 8 horas (com retorno às 16h), 8h30 (com retorno às 16h30, e às 9 horas (com retorno às 17 horas). E no dia 14 (domingo), as saídas estão programadas para as 8h (retorno às 16h), 8h15 (retorno às 16h15), 8h30 (retorno às 16h30) e 9 horas (retorno às 17h). A passagem custa R$ 40,00 (ida e volta). Para fazer a reserva é necessário informar nome, telefone e RG de cada passageiro.
O 23º Festival das Cerejeiras Bunkyos – Sakura Matsuri é uma realização do Bunkyo em conjunto com Associação Cultural e Esportiva de Vargem Grande, Associação Cultural de Mairinque, Associação Mallet Golf Kokushikan e Cotia Seinem Renraku Kyoguikai.

Apresentação de taiko também faz parte da progração do evento (Arquivo/Aldo Shiguti)

23º Festival das Cerejeiras Bunkyos (Sakura Matsuri)
Agora em dois finais de semana
Data: dias 6, 7, 13 e 14 de julho, das 10h às 17h
Local: Centro Esportivo Kokushikan Daigaku
Estrada do Carmo, 801 – Bairro do Carmo – São Roque (SP)
Contribuição por veículo:
R$ 30,00 (concorra ao sorteio de uma TV)
Informações: (11) 3208-1755
matsuri@bunkyo.org.br

23º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos
PROGRAMAÇÃO DE PALCO
*sujeito a alteração sem prévio aviso*

Sábado – dia 6 julho 2019

Mariko Nakahira estará se apresentando também neste ano (Arquivo/Aldo Shiguti)

11:00 – Associação Muguen-Kan Karate-Do Kobu-Do – Cotia
11:30 – Ballet Val Santos
12:05 – Rizumu Taisso ACAL
12:35 – Joe Hirata
13:20 – Karen Ito
14:00 – Kendo Kokushikan
14:35 – Ricardo Nakase
15:20 – Mariko Nakahira
16:00 – Encerramento

Domingo – dia 7 julho 2019

11:30 – Ballet Marisa Éscher
12:00 – Mariko Nakahira
12:40 – Gold und Silber (Alemanha)
13:10 – Rizumo Taisso Kumamoto
13:45 – Corpus Line
14:25 – Nete Salmah – Dança do Ventre
14:55 – Grupo Folclórico Tirol – Sapateado (Áustria)
15:30 – Kodama Kai – ACEVGP
16:00 – Encerramento

Sábado – dia 13 de julho 2019

10:00 – Ken Yamazato
10:15 – MIC (Cantora Japonesa)
10:45 – Takeshi Nishimura
11:15 – Mariko Nakahira
12:00 – Cerimônia de Abertura
13:10 – Edson Saito Y.ES Band
14:00 – Academia Central de Aikido
14:20 – Ballet Val Santos
14:50 – Sergio Tanigawa
15:20 – Kendo Kokushikan
15:40 – Assoc. Muguen-Kan Karate-Do Kobu-Do – Cotia
16:00 – Encerramento

Domingo – dia 14 de julho 2019

10:30 – Ken Yamazato
11:10 – Sawalef – Dança do Ventre
11:50 – Mariko Nakahira
12:50 – Assoc. Kenko Taisso do Brasil
13:30 – Akemi Matsuda Embaixadora Kawaii do Brasil
14:10 – Bete Salmah – Dança do Ventre
14:50 – Kodama Kai – ACEVGP
15:30 – Assoc. Ibiunense de Artes Marciais Prof. Horigome
16:00 – Encerramento

Comentários
Loading...