Em cerimônia concorrida no Bunkyo, comunidade nikkei celebra passagem para era Reiwa

(Jiro Mochizuki)
(Jiro Mochizuki)

As cinco principais entidades nipo-brasileiras – Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Aliança Cultural Brasil-Japão e Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil – as chamadas “godantai” decidiram realizar, em conjunto, uma cerimônia para Celebrar a Passagem para a Era Reiwa (“bela harmonia”, em português).
Realizado nesta terça-feira, 30, dia da abdicação de Akihito ao trono imperial, no Espaço Multiuso do Bunkyo, o evento reuniu cerca de 180 pessoas, entre elas o cônsul geral do Japão em exercício, Akira Kusunoki. O Instituto Fukuda abrilantou a cerimônia, a primeira realizada fora do Japão para celebrar também a entronização do novo imperador.

Cônsul Akira Kusunoki com representantes das cinco principais entidades nikkeis (Jiro Mochizuki)
Cônsul Akira Kusunoki com representantes das cinco principais entidades nikkeis (Jiro Mochizuki)

Antes, o presidente Comitê Executivo da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, Yoshiharu Kikuchi, apresentou o Relatório de Atividades Comemorativas dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. Segundo ele, dos R$ 4 milhões arrecadados pela comissão, R$ 2,5 mi foram destinados à melhoria e infraestrutura do Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque (SP), considerado o “grande legado dos 110 Anos” e que, “no futuro, possa ser usufruído pela comunidade e venha se constituir num local de referência dos nipo-brasileiros”.

Yoshiharu Kikuchi, presidente do Comitê Executivo dos 110 Anos (Jiro Mochizuki)
Yoshiharu Kikuchi, presidente do Comitê Executivo dos 110 Anos (Jiro Mochizuki)

Kikuchi, que também agradeceu todas as cidades, colaboradores e voluntários que ajudaram a organizar as festividades e, em especial a recepção à Princesa Mako, destacou que um dos desafios do novo presidente do Bunkyo, Renato Ishikawa, que tomou posse no dia 27 de abril, será o de concluir o Pavilhão Harasawa. E também conclamou as novas gerações a participarem. Para ele, trata-se de uma obra que intensificará ainda mais o intercâmbio entre Brasil e Japão.

O presidente do Bunkyo (Jiro Mochizuki)
O presidente do Bunkyo (Jiro Mochizuki)

Abrindo a série de discursos , Renato Ishikawa falou sobre o momento “histórico” com a abdicação do imperador Akihito e da entronização do imperador Naruhito e lembrou os laços de amizade que envolvem o Brasil e a família imperial. “Tanto o Imperador Emérito Akihito e a Imperatriz Emérita Michiko, quanto o Imperador Naruhito, estiveram três vezes no país em ocasiões distintas e marcantes para o relacionamento do Brasil e do Japão”, disse Ishikawa, que agradeceu o carinho do Imperador Emérito e da Imperatriz Emérita – que, por sinal, ganharam uma exposição de fotos no nono andar do Museu Hitórico da Imigração Japonesa no Brasil – e desejou um “feliz e merecido descanso das atividades oficiais”.
O presidente da Beneficiencia Nipo-Brasileira de São Paulo – Enkyo, Akeo Yogui, lembrou que a entidade foi fundada no ano 34 da era Showa, “atravessou Showa, atravessou Heisei e agora inicia a era Heisei”. E concluiu desejando que a era Reiwa “seja uma era de muita prosperidade, muita paz e muita alegria”.
Eduardo Yoshida, presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão, que também assumiu o cargo recentemente – sucedendo a Yokio Oshiro – comentou que a entidade com mais de 62 anos de história, também iniciará uma nova fase. “A Aliança continuará sua missão de difundir a língua e a cultura japonesa, contribuindo para o fortalecimento cada vez maior do laço de amizade entre os dois países”, ressaltou.

Reiwa, que em português significa “bela harmonia” (Jiro Mochizuki)
Reiwa, que em português significa “bela harmonia” (Jiro Mochizuki)

Para o cônsul Akira Kusunoki, que citou a declaração do prmeiro-ministro Shinzo Abe ao anunciar o significado da palavra Reiwa, também lembrou que Sua Majestade, Imperador Emérito, como a Sua Majestade, o imperador que tomou posse hoje, visitaram o Brasil três vezes no passado e demonstraram um sentimento especial e caloroso para com a comunidade nipo-brasileira. Essa por sua vez, explicou, paesar de estar na terceira e quarta gerações, tem demonstrado o seu profundo respeito e afeição em relação à Família Imperial.
No final, a ex-presidnete do Bunkyo, Harumi Goya, comandou o tradicional “Banzai”.

Comentários
Loading...