Dia de testes!

Antes do lançamento no mercado, dias de testes para a nova massa.
Semana passada fui convidado para uma pescaria especial, onde o Geraldo iria testar novas formulações para suas já consagradas massas da Petersen. Diferentemente da vez anterior, onde declinei por não conciliar a agenda, é lógico que não iria deixar passar desta vez e assim marcamos para uma quinta feira.
Início de inverno e de olho na previsão do tempo, a indicação era que a temperatura na véspera sofreria uma queda, porém durante no dia em questão, possibilidades de chuvas esparsas com aumento de temperatura, podendo chegar a 25º. Se o teste fosse proveitoso nestas condições, imagina no verão, quando os peixes estão muito mais ativos.
Combinado a hora de encontro, foi separar e preparar os equipamentos – no caso seriam varinhas de mão de 3,60 a 4,50m, minhas preferidas em relação ao meu porte físico. A idéia é sempre você testar variados tipos e combinações de comprimento, até obter o que seja mais cômodo em termos de percepção, pegada, peso e tempo de reação a fisgada (importantíssimo para não perder os mais ligeiros).

As tilápias foram escolhidas para serem os peixes alvos, pois apresentam uma dificuldade a mais, apesar de serem espécies acostumadas ao frio, costumam ser muito desconfiadas, e capturar as bitelas, é sinônimo de um degrau de “trabalheira” a mais.
Completando a tralha: anzóis, linhas, chumbadas de amassar, alicates de contenção, corte e de bico, linhas reservas, apoiadores e as massas que seriam testadas.
Não importa a pescaria, o tempo até acontecer de fato sempre é recheada de ansiedade, que tentamos minimizar conferindo tudo que vai ser usado. Na hora de dormir e no meu caso específico, resulta em acordar de tempo em tempo, até a hora para sair da cama e aguardar a chegada dos parceiros.
Geraldo e o seu filho Richard, os companheiros para a jornada pescativa, chegaram no horário combinado e lá rumamos em direção ao pesque pague. No meio do trajeto uma paradinha breve para o desjejum, o tradicional pão com manteiga na chapa e cafezinho para despertar de vez.
Pouco depois estávamos lá no Pesqueiro Serrinha, que conta com dois lagos, um destinado para pesca esportiva e outro de bom tamanho, sempre povoado com grande quantidade de tilápias, que faz a alegria dos pescadores na região.
O dia se apresentou nublado, com o sol tentando varar as nuvens e aquecer o dia. Foi escolher o cantinho para ficar, descarregar a tralha, preparar as varinhas e iniciar as observações. Toras de madeira espalhadas nas margens servem como bancos, e assim foi posicionar os apoiadores de forma a ter visão de todas as varas ao mesmo tempo, para começar a esticar as linhas nágua.
Estávamos com 2 tipos de massas, e cada um tinha uma vara em cada apoiador, com comprimentos diferentes. No meu caso, cada varinha tinha uma montagem diferente, uma com anzol + mola, e as outras com outros tipos de anzóis, para representar diferentes composições de materiais que pescadores utilizam nesta pescaria.
Poucos minutos depois, já estávamos tendo as primeiras respostas positivas, com as linhas esticando e as pontas de varas sinalizando peixes nas linhas. Assim capturamos os primeiros peixes do dia, e apesar de estarmos no inverno, era bom sinal para os testes. A chuva resolveu participar, e por um tempo caiu sobre a gente. Nuvens de chuva ocupavam apenas parte do céu e isto nos deixou sossegados, pois era questão de tempo para passar. Foi ajeitar melhor o boné e deixar o aguaceiro molhar um pouco nossas camisetas.
Mesmo com a água caindo, a produtividade continuou alta, até com pescador brigando com uma vara em cada mão com as valentes tilápias. A repetição desta cena resultou no consenso em trabalhar com somente um equipamento. Assim como veio, a chuva foi embora e a dura vida de pescador continuou na mesma toada: iscar, lançar a isca nágua e de olho na pontinha do caniço até a hora da briga ou da linha solta, que era completada com os risos e múrmuros dos camaradas pelo peixe perdido. Perto da uma hora da tarde, pausa para o almoço e considerações sobre os resultados iniciais.
Após a preguiça do almoço, hora de retornar a labuta e diferente do início, agora propositalmente escolhi trabalhar com a montagem mais simples. Quem pesca com massa sabe que alguns fatores têm de ser considerados: densidade e liga da massa, linha utilizada e anzóis.
Não falando especificamente do tipo e qualidade da massa (pois é costumeiro ver na beira dos lagos, pescadores escondendo suas massas secretas), se a fisgada não está sendo certeira, vale a pena usar anzol com mola e na falta deste, dois anzóis montados de costas um para o outro, que serão como estrutura (esqueleto) para segurar melhor a isca por mais tempo. Outro detalhe é como moldar a massa no anzol, particularmente prefiro o formato coxinha, sem apertar, só ajustando para permanecer firme no anzol.
O uso de boias e outros acessórios para indicar a chegada ou mordida do peixe, é peculiar a cada pescador. Cada um tem a sua artimanha preferida.
A linha de monofilamento pode variar de 0,25mm para menos. Quanto maior a tilápia mais arisca ela é, e mais distante de linha grossa se manterá. Linhas coloridas não costumam incomodar e ajudam bastante para identificar e capturar quando está manhosa, “mamando” a isca.
Bater aquele papo, colocando a conversa em dia pode. É evitar andar muito de um lado para o outro nas margens – correr ou pular nem pensar – pois estes sons são captados pelos peixes dentro da água.
Final da tarde, depois de vários peixes capturados, e a imaginação trabalhando para identificar quem seriam os danados que arrebentaram algumas linhas, hora de guardar tudo e fechar a conta.
Local: Pesqueiro Serrinha – Estrada da Serrinha 1871 – Bairro São João Novo – São Roque/SP Tilápias pescada a R$ 6,50/kg. Limpeza simples na faixa, sendo filé a R$ 7,50/kg. Tem loja de pesca e restaurante no local. Informações: (11)94132 3273

Ótimas pescarias!!!


Apoio:

Caiaque Lontras www.caiaquelontras.com.br

Guss Produções www.gussproducoes.com.br

Maré Iscas www.mareiscas.com.br

Maria Pesca e Pet facebook e Instagram /@mariapetnarcizo

Moro e Deconto www.morodeconto.com.br

Piscicultura Chang www.pisciculturachang.com.br

Comentários
Loading...