Com distribuição de bolo, 51ª edição do Toyo Matsuri recebe cerca de 150 mil visitantes

Kiendaiko se apresentou no domingo no palco do 51º Toyo Matsuri na Praça da Liberdade-Japão (Aldo Shiguti)

Tempo bom, muitas atrações e distribuição gratuita de bolo. Esses foram alguns dos ingredientes para o sucesso do 51º Toyo Matsuri – Festival Oriental – realizado nos dias 7 e 8, no bairro da Liberdade, em São Paulo, pela Acal – Associação Cultural e Assistencial da Liberdade. Considerado o segundo maior evento da Acal ao longo do ano em termos de público – fica atrás apenas do Tanabata Matsuri, que acontece em julho – o Toyo Matsuri deste ano contou com uma novidade. Para comemorar a entronização do novo imperador do Japão, Naruhito, que deu início à era Reiwa, e aos 114 anos do bairro da Liberdade, a Acal encomendou um bolo de cerca de 230 quilos. De acordo com os organizadores, foram distribuídos mais de 2 mil pedações para o público.

(Aldo Shiguti)

Mas o bolo não foi a única atração da festa. Como acontece todos os anos, o evento foi aberto na Rua Galvão Bueno – próximo ao torri (portal) – com uma cerimônia xintoísta diante de diversas autoridades, entre eles o anfitrião, Hirofumi Ikesaki; o cônsul adjunto do Consulado Geral do Japão em São Paulo, Akira Kusunoki, o vereador George Hato, o presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Renato Ishikawa, o presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Akeo Yogui; o presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Yasuo Yamada; o presidente da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Promissão, Fábio Maeda, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de São Bernardo, Hiroyuki Minami e o vereador Mario Covas Neto, além do subprefeito da Sé, Francisco Roberto Arantes Filho, entre outros.
Após a bênção do ministro Kazuo Osaka, as autoridades seguiram a Parada Taiko e o dragão de Nagasaki, que os conduziram até o palco montado na Praça da Liberdade-Japão. Lá, antes dos tradicionais discursos, os convidados participaram do corte do bolo e assistiram algumas apresentações.

Reiwa – Primeiro a falar, o presidente da Acal lembrou que o Toyo Matsuri é uma festa realizada pela Acal e seus associados há mais de 50 anos com o intuito de agradecer os visitantes que ao longo do ano prestigiam o bairro, trazendo bons negócios e assim fortalecendo e engrandecendo a região. E explicou que o bolo era uma homenagem ao aniversário do bairro e ao novo imperador. Ikesaki aproveitou para agradecer aos artitas, apresentadores e demais convidados que dão um brilho especial à festa. E finalizou convidando o público para prestigiar o 49º Moti Tsuki – Festival do Bolinho da Prosperidade, que começa por volta das 8 horas no último dia do ano com a distribuição gratuita de 20 mil saquinhos de motis (bolinhos de arroz) encerrando as atividades da Acal.
O cônsul Akira Kusunoki destacou a importância do presidente da Acal para o bairro, afirmando que “o senhor Hirofumi Ikesaki é a pessoa mais querida e mais respeitada do bairro e que trabalha arduamente a revitalização e a promoção do intercâmbio entre o Brasil e o Japão”. O cônsul lembrou ainda que, antes, o bairro da Liberdade era chamado de “bairro japonês” e que agora mudou para “bairro oriental”, o que considera positivo.

Bela harmonia – “Desta forma, as comunidades asiáticas japonesa, chinesa e coreana trabalham em harmonia para a divulgação do bairro”, disse Kusunoki, acrescentando que a palavra harmonia é a “palavra chave do ano, pois tivemos a entronização do novo imperador, que deu início à nova era, Reiwa, que significa bela harmonia”. “Da mesma forma, espero que a bela harminia prevaleça no bairro”, concluiu.
Também discursaram o presidente do Bunkyo, Renato Ishikawa – representando todas as entidades – o vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo, Roberto Mateus Ordine, o subprefeito Francisco Arantes do Nascimento e os vereadores Marcio Covas Neto e George Hato.
Durante dois dias, o público conferiu apresentações de danças tradicionais, grupos de taikô, artes marciais e shows musicais, que este ano teve como convidados especiais os músicos japoneses do Treasure Garden.
Segundo os organizadores, cerca de 150 mil pessoas passaram pelo bairro nos dois dias de evento.

Comentários
Loading...