Com apoio da Fundação Japão, JCI Brasil-Japão promove ação de solidariedade às vítimas de Brumadinho

Organizadores com patrocinadores e apoiadores na abertura da exposição na Fundação Japão (Jiro Mochizuki)
Organizadores com patrocinadores e apoiadores na abertura da exposição na Fundação Japão (Jiro Mochizuki)

A Biblioteca da Fundação Japão recebe, até este sábado (20), um evento voltado às vítimas da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. Em decorrência do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração, em 25 de janeiro, casas foram destruídas e mais de 200 pessoas morreram.
Por iniciativa da JCI Brasil-Japão (Junior Chamber International), uma organização de jovens sem fins lucrativos, um painel confeccionado com Oshibana-e, pela artista Alice Midori Imai, e por origamis produzidos pelas comunidades nikkeis de São Paulo, estará exposto até o dia 20 de abril, quando seguirá em maio, rumo ao estado de Minas Gerais, para ser doado à Prefeitura de Brumadinho.
A inauguração aconteceu na última quinta-feira (11) com a presença da cônsul para assuntos políticos e gerais do Consulado Geral do Japão em São Paulo, Reiko Nakamura, patrocinadores e apoiadores.
No sábado (20), das 14 às 16 horas, será realizado Workshop de Tsuru de Origami para demonstrar esta arte.

Painel foi confeccionado a partir de técnicas de oshibana e origami (Jiro Mochizuki)
Painel foi confeccionado a partir de técnicas de oshibana e origami (Jiro Mochizuki)

O painel “Devolvam a nossa paisagem. Devolvam o nosso quintal”foi confeccionado a partir de técnicas de oshibana-e e origami, e conta com o apoio institucional da Fundação Japão. As duas técnicas são típicas japonesas. Enquanto a primeira consiste na prensagem de flores, folhas, galhos e frutas desidratados, a segunda é a arte de dobrar papel, dando origem a variadas formas.
Neste caso, a forma predominante é a do tsuru, considerado uma ave sagrada do Japão, envolvido em uma antiga lenda, simbolizando saúde, sorte, felicidade e longevidade.
O objetivo desta ação é reunir o público jovem de São Paulo, bem como entidades representativas da comunidade japonesa, empresariado e governo japonês, em orações e solidariedade às vítimas de Brumadinho, assim como chamar a atenção das autoridades brasileiras para que eventos como esse não se repitam no Brasil, desejando a rápida recuperação e o reestabelecimento do local o mais breve possível.

Exposição do Painel Brumadinho em São Paulo
Onde: Biblioteca da Fundação Japão (Av. Paulista, 52 – 3 andar – Bela Vista, São Paulo)
Quando: Até 20/4. De segunda a sexta das 10h30 às 19h30. Sábado, das 9 às 17 horas

Comentários
Loading...