COLÔNIA PINHAL: Escola Modelo e Kaikan realizam 15º Festival do Japão

Evento teve como objetivo incentivar o turismo e preservar os costumes e tradições japoneses (Cecília Saito)

A Escola Modelo de Língua Japonesa e o Kaikan de Colônia Pinhal realizaram no último dia 16, o 15º Festival do Japão nas dependências do Salão do Kaikan, com intuito de fomentar o turismo local e transmitir a cultura japonesa preservada pelos moradores da comunidade nipônica.

Misso famoso da Setsuko Higuchi (Cecília Saito)

O evento teve apresentações de bon odori, show de taiko com o grupo Hisho Daiko e Mochi Maki (chuva de doces), além de um divertido bingo com premiações de cestas de verduras, brindes diversos e prêmio máximo de 500 reais. Comidas típicas da cultura japonesa como sushi, oniguiri, yakissoba, gyoza, manju, dorayaki e o tradicional churrasco, bolos, doces e bebidas foram vendidos em diversas barracas. Destaque para a famosa geléia de decopon, missô caseiro, fukuzinjuke e aguê, itens mais procurados pelos participantes. Bazaristas e produtores agrícolas de cultivo orgânico também compunham as barracas.
Tyotins, hinaningyo, programação com detalhes de origami colado nas duas paredes do salão e uma Exposição de Ikebanas deram colorido e brilho especial no ambiente, além de destacar a cultura tradicional japonesa local.
O vereador de São Miguel Arcanjo, Ricardo Barone foi o apresentador das programações em idioma português enquanto a professora de nihongo gakko, Midori Nishida apresentou em idioma japonês. Nishida também conduziu a dança de bon odori.

Vereador Ricardo Barone, professora Nihongo Gakko, Midori Nishida e presidente do Kaikan, Shuji Nishikawa (Cecília Saito)

Presenças de diversas autoridades locais, entre elas o vereador Ricardo Barone, o secretário de Planejamento, Jurandir Domiciano Jr, o secretário de Administração, Rodolfo Kenji Espírito Santo, o secretário de Agricultura, Wesley Vieira Batista e o professor de Geografia da Escola Estadual Colonia Pinhal, Jose Augusto Snelio.
A organização do evento foi presidida pela Marta Tanaka, com apoio do presidente do Kaikan, Shuji Nishikawa, do diretor da Escola Modelo de Língua Japonesa, Toshiyaki Tokuhisa e colaboração de patrocinadores e voluntários que não mediram esforços para a realização do melhor festival de todos os anos.
(Colaborou: Cecília Saito)

Comentários
Loading...