Cerimônia e Jantar em Comemoração à Entronização do Imperador do Japão tem convites à venda

Carlos Kendi Fukuhara exibe o convite para a cerimônia e jantar de entronização no próximo dia 22 (Aldo Shiguti)

Cercada de expectativas, a cerimônia de entronização do novo imperador do Japão, Naruhito, ao trono do Crisântemo, no dia 22 outubro, deve reunir os principais chefes de estado e representantes de 195 nações – entre eles o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro – que foram convidados para a Sokuirei-Seiden-no-gi em que o novo imperador proclama sua entronização ao povo do Japão e ao mundo.
A decisão foi tomada em 19 de março de 2019, por um painel do governo responsável por estabelecer protocolos para a sucessão imperial. Naruhito se tornou imperador no dia 1º de maio deste ano após abdicação do imperador emérito, Akihito, em 30 de abril.
Para essa ocasião os convidados participarão de um banquete de corte, realizado no período da entronização.
No dia seguinte, 23 de outubro, será oferecido pelo primeiro-ministro Shinzo Abe e sua esposa um banquete aos convidados.
O ator de Kyogen, Mansai Nomura, foi convidado para assessorar nas atrações artísticas da comemoração. Ele terá a tarefa de apresentar as artes cênicas tradicionais de uma maneira compreensível e prazerosa para os convidados internacionais.

No Brasil – A expectativa não fica só por conta dos japoneses. Do outro lado do mundo, a cerimônia também é aguardada com bastante ansiedade por uma comunidade formada por cerca de 1,5 milhão de pessoas – a maior fora do Japão. Pensando nisso, o ex-chefe do cerimonial do governo de São Paulo e vice-presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Carlos Kendi Fukuhara, idealizou um evento especial para que também a comunidade nikkei possa manifestar “orgulho e respeito” mediante à sociedade brasileira.
Trata-se de uma Cerimônia e Jantar em Comemoração à Entronização do Imperador do Japão, marcada também para o dia 22 de outubro, no Salão de Festas do Clube Círculo Militar de São Paulo (zona Sul de São Paulo).
Com realização das cinco principais entidades nikkeis (Bunkyo, Enkyo – Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo; Kenren – Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil; Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil e Aliança Cultural Brasil-Japão), o evento conta com dois fortes patrocinadores – Honda e Bradesco – apoio Cultural e Institucional da Fundação Kunito Miyasaka e apoio da Embaixada do Japão no Brasil; Consulado Geral do Japão em São Paulo; Jica (Agência de Cooperação Internacional do Japão), Hospital Santa Cruz, JCI Brasil-Japão (Câmara Junior Internacional), Rede Bandeirantes de Televisão , NHK World Japan, Acal – Associação Cultural e da Assistencial Liberdade, Associação Ikebana do Brasil, Japan House e Chadô Urasenki do Brasil.
De acordo com Carlos Fukuhara – que criou uma comissão para auxiliá-lo –, os convites já estão à venda no valor de R$ 250,00. Dos 800 convites, 470 serão destinados por adesão aos líderes das associações de províncias do Japão; 270 serão destinados por adesão às entidades associativas da capital, interior, líderes de outros estado do Brasil e de pessoas físicas e jurídicas, e outros 60 convites numerados de cortesia, destinados ao corpo consular e autoridades.
Fukura explica que as mesas destinadas aos kenjinkais serão personalizadas com os nomes e símbolos de suas respectivas províncias enquanto as mesas reservadas às entidades associativas serão identificadas com os nomes de 27 estados do Brasil.

Orgulho – A programação prevê exibição dos melhores momentos da Entronização do Imperador e Imperatriz realizada no Japão (via NHK) – pois, devido ao fuso horário a cerimônia já terá sido realizada no Japão –, discursos das autoridades, execução dos Japão e do Brasil, Banzai Sanchô (bandeiras do Brasil e Japão), Kampai e apresentação artístico-cultural.

Show – Sob comando do cantor Joe Hirata – que compôs (em parceria com Julinho Bogajo) e interpretou a música tema oficial dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil –, o show reunirá os músicos Shen Ribeiro e Sadao, os cantores Mariana Suzzuke, Kunihiro Tanahara e Karen Ito, além de participações de Julinho Bogajo e Vinicius Medeiros, Quarteto de Cordas da BSGI, de componentes da escola de samba Águia de Ouro e do grupo Awa Odori Represa e de um grupo de dança do foclore nordestino.
O Jantar deve ser servido às 20 horas.
A ideia, segundo Fukuhara, “é mostrar, da mesma forma que os japoneses, nós da comunidade nipo-brasileira, também temos esse mesmo sentimento de orgulho e respeito”. “Acredito que é um momento propício para manifestar esses sentimentos mediante a nossa sociedade, mostrando o nosso carinho no país que concentra a maior população japonesa fora do Japão”, diz Fukuhara, explicando que dificilmente outro evento reuniria tantos chefes de estado. “Exceto, talvez, em casamento”, explica, lembrando que não encontrou nenhum tipo de resistência ao apresentar o projeto aos patrocinadores. “Estou bastante otimista”, afirma.
Mais informações sobre convites podem ser obtidas no Bunkyo pelo telefone: 11/3208-1755.

Comentários
Loading...