Celebração do Dia Mundial do Uchinanchu terá participação inédita do grupo Lun Lun Balloon

(Arquivo/Aldo Shiguti)

Como acontece desde 2017, a comunidade okinawana prepara uma grande festa para celebrar o Sekai Uchinanchu no Hi (Dia Mundial do Uchinanchu). E a exemplo de 2018, também este ano a organização estará a cargo dos jovens através do Okinawa Seinenbu (Grupo de Jovens da Associação Okinawa Kenjin do Brasil) e o Urizun – Círculo de Ex-Bolsistas de Okinawa. A comemoração será no próximo dia 27, a partir das 13 horas, na sede da AOKB, no bairro da Liberdade, em São Paulo.
Como lembra o presidente da Comissão Organizadora, Yudi Chinen, originalmente, a data é 30 de outubro, mas como cai numa quarta-feira, será celebrada no domingo mais próximo. Segundo ele, a data foi idealizada em 2016 pelo nipo-argentino Andres Higas e pelo nipo-peruano Andres Tadashi Ysa – atualmente radicados no Japão – e instituído pelo então governador de Okinawa, Takeshi Onaga (falecido este ano), no dia 30 de outubro de 2016 , último dia do 6º Festival Mundial Uchinanchu – evento realizado a cada 5 anos na província de Okinawa – como forma de valorizar os costumes, a cultura e histórias dos descendentes de Okinawa que vivem não somente no Japão, mas em todo o mundo.
“Atualmente, a cultura okinawana ultrapassou barreiras étnicas e linguistícas, sendo admirada e preservada mesmo por não descendentes sanguíneos”, diz Yudi, destacando que o evento será dividido em dois blocos.

Data é comemorada pela Associação Okinawa Kenjin do Brasil desde 2017 ultrapassou barreiras (arquivo)

Programação – Na primeira parte, passarão pelo palco da AOKB diversos grupos culturais da comunidade okinawana do Brasil, que estarão apresentando odori, minyo, karatê e eissá. A segunda contará com uma novidade: a presença inédita do grupo de Ryukyu Buyo (dança folclórica) Lun Lun Balloon., que virá pela primeira vez de Okinawa especialmente para a ocasião.
Yudi explica que a comitiva é formada por 12 pessoas, entre elas a artista de balões Rei Aragaki e a coreógrafa Reiko Ota, além de outros dançarinos da escola Tamagusukuryu Gyokusenkai que utilizam balões em suas apresentações para atrair o público jovem – especialmente crianças. “Eles perceberam que os jovens estavam perdendo o interesse pela cultura e decidiram fazer algo difente e inusitado para chamar a atenção e trazê-los de volta”, conta Yudi.
Além da apresentaçlão no Sekai Uchinanchu No Hi, o grupo fará outras duas apresentações no país: no dia 25/10, na Japan House São Paulo (com sessões às 16h e às 19h) , e no dia 26/10, às 18h30, na Associação Atlética Atlanta, em Santos.
Segundo o ex-presidente da AOKB, Eiki Shimabukuro, o grupo deu uma nova roupagem moderna para a tradicional dança de Okinawa. “Eles já se apresentaram em vários países da Europa, como a Espanha, Itália e Dinamarca, além da África, sempre com muito sucesso. É uma forma diferente de apresentar o Ryukyu Buyo daquela que estamos acostumados a ver. É bem animado pois eles interagem com o público”, diz Eiki, afirmando que toda a Direitoria está dando total apoio aos jovens.

Yudi Chinen (C) com Ritsutada Takara e Eiki Shimabukuro (Aldo Shiguti)

Continuidade – “São eles que estão cuidando de tudo, desde a captação de recursos até a programação”, explica. Para Ritsutada Takara, um dos vice-presidentes da AOKB, a ideia é promover inclusão e, ao mesmo tempo, uma interação com a nova geração. “A participação dos jovens nas associações é cada vez mais importante até para darmos continuidade ao nosso tabalho”, conta.

Okinawa sobá – Além das atrações artísticas, o Sekai Uchinanchi no Hi terá ainda comidas típicas de Okinawa, como o famoso Okinawa Sobá, o yaki manju (o tradicional manju feito com doce de feijão branco) e o nantu (o mochi de Okinawa à base de amendoim), entre outros.

Sekai Uchinanchu No Hi – Comemoração do Dia Mundial do Uchinanchu
Quando: Dia 30 (Domingo). Abertura do evento: às 13h. Início dos shows: às 14h
Onde: Associação Okinawa Kenjin do Brasil (Rua Dr. Tomás de Lima, 72, Liberdade – Próximo à Estação Liberdade do Metrô)
Ingresso: R$ 30,00
Mais informações pelo telefone: 11/(11) 3105-8823
www.okinawa.org.br

APRESENTAÇÕES DO GRUPO DE DANÇA LUN LUN BALLOON
25/10 – Japan House São Paulo – (Av. Paulista, 52)
Sessões às 16 e às 19 horas.

Entrada franca (distribuição de senhas 1 hora antes do início do espetáculo)
Tel.: 11/3090-8900
Versão: Shouchikubai (dança clássica e popular sob o pinheiro gigante)

26/10 – Associação Atlética de Santos (Rua Comendador Martins, 114 – Vila Mathias – Santos)
Horário: 18h30
Ingresso: R$ 10,00
Tel.: 13/3223-1653
Versão: Umi (dança moderna e popular no fundo do mar)

27/10 – Associação Okinawa Kenjin do Brasil

Comentários
Loading...