Campeonatos Brasileiros devem ter recorde de participantes; Rui pensa em ‘pendurar o mawashi’

A Confederação Brasileira de Sumô (CBS) realiza neste final de semana (20 e 21), no Ginásio de Sumô do Centro Esportivo Brasil-Japão, no Bom Retiro, em São Paulo, o 58º Campeonato Brasileiro Masculino e o 22º Campeonato Brasileiro Feminino. Ambas competições terão disputas nas categorias Mirim, Infantil, Juvenil e Adulto.
Segundo o atual presidente da CBS. Oscar Morio Tsuchiya, a expectativa é reunir entre 300 e atletas, o que seria um recorde de participantes nos últimos anos. Indagado pela reportagem do Jornal Nippak se o aumento de participantes já seria fruto do trabalho da nova gestão – que assumiu em janeiro deste ano – o dirigente disse que “a entidade tem trabalhado muito na divulgação e chamamento de antigos atletas”. “Certamente deve ser uma somatória de atitudes da nova geração que está ocupando a liderança nas comunidades”, explicou Morio, destacando que, este ano, além dos tradicionais participantes, o Brasileiro terá a volta da equipe da Noroeste, “com mais ou menos 15 atletas”.
“O Rio Grande do Sul vem com uma delegação de 56 pessoas e a equipe Paulista (região de Marilia) está em vias de confirmar presença, assim como o Pará”, observou Morio, acrescentando que outro atrativo para quem for ao Bom Retiro serão os atletas que disputarão o Campeonato Mundial que seria realizado no Havai mas foi transferido para a cidade de Sakai, na província de Osaka, no Japão, nos dias 12 e 13 de outubro.

Patrocínio – Um deles é o paranaense Rui Aparecido Júnior. O atleta, que até semana passada estava na cidade de Salto (SP), dando treino para a equipe juvenil que vai para o Mundial, afirmou que está “bastante confiante, como sempre”. “Estou me sentindo bem e com muita vontade lutar, sei que é difícill mas quero manter meus títulos e, quem sabe,, vencer a disputa por equipe também”, disse Rui, que no an o passadou sagrou-se campeão indvidual nas categorias Pesado e Absoluto e por Equipe acabou sendo sendo eliminado pelo Rio Grande do Sul.
Em relação ao Mundial, Rui conta que, “quanto a preparação física e técnica está indo bem”. “Já no lado financeiro, não muito. Fiz alguns pedidos de patrocínio, mas foram negados”, disse o atleta, acrescentando que, “por enquanto ainda não bateu um desespero por que estou focado em estar bem pra lutar”. “Eu vou dar um jeito de ir por que vou pendurar o mawashi no Mundial, espero que seja como campeão”, revelou Rui, que em 2015 conquistou bronze no Mundial realizado no Japão e no ano passado deixou de representar o Brasil no Mundial de Taiwan justamente por falta de verba.
O Nippak apurou que outros atletas classificados para o Mundial também estão correndo atrás de patrocínio.

Programação – No sábado, 20, a programação começa ao meio-dia com o Dohyo Matsuri. As lutas começam em seguida, por volta das 13 horas, com as disputas por equipe no masculino e no feminino. No domingo, a cerimônia de abertura está marcada para às 9 horas, e a partir das 10 horas serão realzadas as finais por equipes adulto e as disputas no indvidual.
(Aldo Shiguti)

58º CAMPEONATO BRASILEIRO MASCULINO DE SUMÔ E 22º CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO DE SUMÔ
QUANDO: DIAS 20 E 21. SÁBADO, A PARTIR DAS 13 HORAS, E DOMINGO, A PARTIR DAS 10 HORAS
ONDE: GINÁSIO DE SUMÔ DO CENTRO ESPORTIVO BRASIL-JAPÃO (A. CASTELO BRANCO, 5446 – BOM RETIRO)
ENTRADA FRANCA

Comentários
Loading...