‘Bastião da democracia’, jurista Kiyoshi Harada recebe Prêmio ‘Homens de Destaque 2019’

Realizada no Plenário 1º de Maio da Câmara Municipal, cerimônia foi bastante concorrida (Jiro Mochizuki)

Por iniciativa do vereador Eduardo Tuma (PSDB), a Câmara Municipal de São Paulo realizou no último dia 29, no Plenário 1º de Maio, cerimônia de entrega do Prêemio “Homens de Destaque 2019”. Em sua sexta edição, foram homenageados 70 cidadãos com atuação de destaque na sociedade paulistana – professores, médicos, advogados, políticos, pastores evangélicos, militares, empresários e integrantes de ONGs, entre outros. O jurista Kiyoshi Harada foi o único nikkei presente na relação.

Kiyoshi Harada foi um dos componentes da Mesa, que contou com cônsules de Portugal e Espanha (Jiro Mochizuki)

Além de Harada, destaques para o médico especialista em transplantes, Tércio Genzini; o cônsul geral de Portugal, Paulo Jorge; o desembargador do Estado de São Paulo, José Carlos Ferreira Alves; o subprefeito de Pinheiros, João Vestim Grande, e o professor e pesquisador de energia e ambiente, Oswaldo dos Santos Lucon; o capitão da PM, André da Silva Rosa;o empresário Luiz Restiffe, e o ex-jogador de basquete André Brazolin, do Instituto Brazolin – que realiza o projeto social Anjos do Esporte – e Pietro Ianconelli, da Associação dos Empreendedores e Moradores do Brooklin, entre outros.
Além de amigos e familiares dos homenageados, a cerimônia contou com a presença do secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato. A solenidade teve ainda apresentação da Orquestra Sinfônica de Santo Amaro.

Em seu discurso de abertura, Tuma destacou que “mais que um prêmio, a homenagem representa um reconhecimento às diversas personalidades”. Em seguida, passou a palavra ao secretário Cid Torquato que, segundo o parlamentar, “personifica a homenagem desta noite”.
O secretário, por sua vez, mostrou preocupação com o envelhecimento da população e com a questão da acessibilidade “cada vez mais necessária”.

Ao Jornal Nippak, Eduardo Tuma disse que a cerimônia Homens de Destaque é uma homenagem em reconhecimento àqueles que têm serviços prestados à sociedade paulistana “e o professor Kiyoshi Harada, que dedicou a sua vida não só à advocacia mas também na construção da democracia brasileira, é para nós uma referência, um dos bastiões da República e por isso foi homenageado”.

Kiyoshi Harada e Felícia Harada ao lado do casal Yoshioka (Jiro Mochizuki)

Acompanhado da esposa, a também advogada Felícia Harada, dos filhos Marcelo e Maristela, do genro Fernando e da nora Raquel, além dos netos Felipe e Luiz, Harada disse que estava bastante honrado e muito feliz. “Recebo esta homenagem com muita humildade porque tenho a consciência de que tudo que fiz no dercorrer no ano de 2019 – e ainda continuo fazendo –, se deve ao apoio dos meus familiares, dos meus amigos, dos companheiros de jornada, das instituições nikkeis onde tenho atuado na área social e na área cultural e da imprensa, de maneira que não é fruto exclusivo do meu trabalho que me fez com que eu fosse escolhido como um dos homenageados na noite de hoje”, explicou Harada, também um dos Condecorados de Outono de 2019 do Governo Japonês com o grau “Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com laço”.

Orgulho – Um dos fundadores e presidente do Instituto Brasileiro de Estudos de Direito Administrativo, Financeiro e Tributário – composto por juristas de São Paulo, do Rio de Janeiro, da Bahia, de Tocantins, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, da Paraíba e do Distrito Federal, dentre magistrados, membros do Ministério público, advocacia pública, professores de diversas Universidades, notadamente, da USP, além de conceituados advogados das três áreas do direito público – Harada destacou que, ser o único nikkei entre os cerca de 70 homenageados, “é uma satisfação, prova inconteste que a sociedade brasileira é uma sociedade multicultural e multirracial e que não nutre preconceitos raciais”.
“Então esse fato recebo com um orgulho e satisfação ainda maiores, entendendo que é um passo bastante positivo para a afirmação do nikkei brasileiro dentro da ampla sociedade brasileira”, afirmou Kiyoshi Harada à reportagem do Jornal Nippak.

O jurista Kiyoshi Harada ao lado do proponente, Eduardo Tuma (Aldo Shiguti)

Breve Currículo – Advogado nascido em 1º de maio de 1941 na cidade de Marília (SP), Kiyoshi Harada é um dos nomes mais conceituados em Direito Tributário e Direito Financeiro na América Latina. É autor de inúmeras obras jurídicas e professor de Direito Administrativo, Tributário e Financeiro em diversas instituições de ensino superior. Especialista em Direito Tributário e Ciência das Finanças, é Membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas e ex-Procurador-Chefe da Consultoria Jurídica do Município de São Paulo.
Um dos fundadores e presidente do Instituto Brasileiro de Estudos de Direito Administrativo, Financeiro e Tributário, é bacharel em Direito; especialista em Direito Tributário; especialista em Ciência das Finanças; professor de Direito Administrativo, Tributário e Financeiro em diversas instituições de ensino superior; autor de 28 obras jurídicas publicadas por diferentes editoras; ex-procurador-Chefe da Consultoria Jurídica do Município de São Paulo; membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas; membro da Asociacion Interamericana de La Tributación, com se de em Rosário (Argentina); acadêmico das Academias Paulista de Letras Jurídicas, Paulista de Direito e Brasileira de Direito Tributário (ABDTA); membro dos Conselhos Superiores de Direito da Fecomércio e de Estudos Jurídicos e Legislativos da Fiesp.

Comentários
Loading...