AKIRA SAITO: Tradições e riquezas

“Orgulhar-se de suas origens e lutar para mantê-las vivas, sem desejar nada em troca”

Com a sociedade cada vez mais interessada no agora e no acumulo material, fica inevitavelmente exposta a chance de tradições importantes virem a findar num futuro próximo. Manter uma tradição não envolve glamour, muito menos recompensa material, fica apenas a imensurável vontade de se doar a um bem maior. Este tipo de pensamento, tão em desuso para os padrões “empreendedores” de hoje, é o que talvez não estimule principalmente os jovens a se comprometer com nenhuma arte, nenhuma forma de cultura ou tradição.
É preciso reviver a glória e a honra em fazer parte de algo que conta uma história às vezes tão antiga quanto a própria existência, de fazer parte de sua manutenção e propagação. Não por dinheiro, não por status, apenas por querer fazer parte também desta história.
No Budo (Caminho Marcial) a busca pela evolução física, mental e espiritual através da arte traz consigo também a responsabilidade de sua manutenção e proteção. Ter orgulho de sua origem e de seus ensinamentos, honrando cada passo para um propósito maior.
Se faz necessário despertar novamente esta busca em nossos jovens, para que no futuro não sejam apenas pessoas sem uma história ou tradição para contar e se basear.
Uma sociedade melhor se baseia principalmente em pessoas melhores, cada um fazendo a sua parte!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

Comentários
Loading...