Agora assessora da Presidência do Bunkyo, Mariko Nakahira presta contas e agradece participação no 5º Saa-Hajimeyou

(Aldo Shiguti)

A cantora Mariko Nakahira deve embarcar neste domingo (6) de volta para o Japão depois de uma longa estadia no país, como costuma fazer há 16 anos. Antes, a agora assessora da Presidência do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), visitou a redação do Jornal Nippak para prestar contas da 5ª edição do Saa-Hajimeyou, espetáculo idealizado e coordenado por ela no dia 1º de setembro no Grande Auditório do Bunkyo com o intuito de arrecadar fundos para colaborar com a conclusão do Espaço Cultural da entidade.
Nesta edição, que contou com a apresentação da Associação Kenko Taisso do Brasil, Coral Miriam Otachi, Hanayagui Ryu Kinryukai, Hongwanji Asoka Gakkou de Lins, Sakura Fubuki Wadaiko, Takeshi Nishimura, Tamagusuku Ryu Senjukai Satoru Saito Ryubu Dojo e Yasugui Bunshi Dojou Sukui – São Paulo (Dojo Sukui + Zeni Daiko), além, é claro, da própria cantora, foi arrecadado R$ 53.501,00 (incluindo a contribuição do Japão, no valor de R$ 14.700,00, entregue ao presidente Renato Ishikawa no dia do evento). Descontando as despesas, ficou um superávit de R$ 47.726,00. Conforme informou o secretário administrativo do Bunkyo, Eduardo Goo Nakashima, a quantia já foi enviada para o Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social para a continuidade das obras do Espaço Cultural Bunkyo.
Mariko observa que, em termos de valores, se comparado às quatro primeiras edições, houve uma pequena redução – o público, no entanto, de 800 pessoas, ficou acima da média. Em compesação, conta, o espírito de solidariedade foi mais intenso no sentido de despertar a consicência de mais pessoas para a causa.

Todos os artistas que participaram da quinta edição do Saa-Hajimeyou (arquivo)

Sexta edição – A pedido da cantora, durante o espetáculo foi apresentado um vídeo com a aplicação dos recursos. “A maior parte do valor arrecadado foi gasto na demolição”, explica o vice-presidente do Bunkyo, Roberto Nishio.
Além de destacar a participação dos artistas e do público – muita gente comprou ingresso apenas com o intuito de ajudar – Mariko Nakahira fez um agradecimento especial à Teruco Kamitsuji e a ex-presidente da entidade, Harumi Goya, que “mesmo sem mandato fez questão de continuar apoiando”
Para o ano que vem, Mariko revela que se sente ainda mais motivada para dar prosseguimento ao Saa-Hajimeyou. “Quando estava realizando a quinta edição já sabia que teríamos uma sexta edição”, afirma a cantora, que foi uma das atrações do Jungle Matsuri, realizado na cidade de Manaus (AM), como parte das comemorações dos 90 anos da imigração japonesa na Amazônia.
Para Mariko, que, como assessora da Presidência do Bunkyo pretende priorizar apresentações em kaikans e entidades assistenciais no próximo ano, seu maior sonho é ver o Bunkyo, efetivamente, cumprindo seu papel de principal entidade representativa da comunidade nikkei prestando assistência a todas as outras entidades. “O sonho é que um dia possamos caminhar todos juntos”, conta ela.

Cônsul geral do Japão em São Paulo discursa durante o evento (arquivo)
Comentários
Loading...