53º HANAMATSURI=Evento neste sábado deve atrair multidão ao bairro da Liberdade

O desfile do elefante branco é bastante aguardado pelo público

Em comemoração aos 2643 anos do nascimento do Buda Shakyamuni, a Federação das Escolas Budistas do Brasil, a Associação dos Admiradores do Buda Shakyamuni, a Aliança Feminina Budista do Brasil e a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal) realizam o 53º Hanamatsuri – Festa das Flores – na Praça da Liberdade-Japão. O ponto alto da festa acontece neste sábado, 6, a partir das 10 horas, com a celebração de uma Cerimônia Budista. A cerimônia prossegue às 11 horas, com o cortejo solene do “elefante branco” carregando a imagem do Buda Criança, com a participação de diversas escolas infantis e acompanhamento de grupo musical.

No dia, elas estarão vestidas tipicamente à caráter conforme a ocasião, representando através de seus trajes, as deidades do céu e da terra, pois segundo a lenda, o nascimento do Buda estas deidades vieram cortejá-lo, e o “elefante branco” que leva o Buda representa uma preciosidade única.

O cortejo solene partirá da Praça da Liberdade-Japão, percorrendo a Rua Galvão Bueno, Rua Américo de Campos até a Avenida Liberdade nº. 365, sede da Acal.

Durante a semana (até sexta-feira, 5), das 10 às 16 horas, o público pode participar banhando a imagem do pequeno Buda com chá no Jardim Oriental (próximo ao Viaduto Cidade de Osaka, na Rua Galvão Bueno). O chá adocicado também é oferecido ao público.

Em São Paulo, o Hanamatsuri é comemorado tradicionalmente na Praça da Liberdade-Japão, e um altar é ornamentado com flores naturais, chamado “Hanamidô”, simbolizando o jardim onde o Buda nasceu, que abriga em seu interior a imagem de Buda. Homenageia-se o Buda, espargindo sobre sua imagem chá adocicado (amachá), lembrando seu nascimento, que de acordo com a lenda, uma música celestial ecoou pelos quatro cantos do universo e todos os seres que habitavam o mundo sentiram uma grande bem-aventurança. As flores desabrocharam e do céu caiu uma suave chuva de néctar, simbolizada pelo chá adocicado.

Conforme a crença popular, as pessoas que assim homenageiam são abençoadas e podem ter seus pedidos atendidos. É por isso que durante a semana de comemorações, não apenas fiéis budistas, mas o público em geral sobe ao palanque no Jardim Oriental, saudando o Buda pelo seu nascimento.

 

53º HANAMATSURI –
FESTA DAS FLORES

Quando: até sábado (6). De segunda a sexta, das 10 às 16 horas no Jardim Oriental. Sábado, 6, a partir das 10 horas na Praça da Liberdade

Onde: Praça da Liberdade

 

 

Comentários
Loading...