18ª Exposição deve reunir cerca de 90 trabalhos da professora Alice Imai e seus alunos

(Aldo Shiguti)

Acontece neste sábado e domingo (9 e 10), das 9 às 18h30, no Iace (Instituto Arte Cerâmica), no bairro de Vila Mariana (zona Sul de São Paulo), a 18ª Exposição de Oshibana-e da artista e professora Alice Midori Imai e seus alunos. Serão expostos cerca de 90 obras em diversos formatos, como quadros, cartões, pingentes, marcadores de página, colares, dentre outros.
Pioneira nesta técnica, Alice Imai estudou por quatro anos na Escola Fushigi na Hana Kurabu do Japão. Ela explica que a arte de oshibana-e é a arte das flores, folhas e galhos prensados: “oshi” em japonês significa prensar e apertar. “bana” (ou “hana”) é flor e “e” é desenho e arte.
Ou seja, trata-se de uma arte japonesa que utiliza flores, folhas e galhos prensados para criar composições artísticas, quadros, objetos de decoração e presentes personalizados.
Além da exposição de Oshibana-e, haverá sessões de Workshops de Oshibana-e, Kirigami e Origami para que os visitantes possam apreciar a arte cultural japonesa. (R$ 20,00/workshop com material incluso). Além da própria Alice Imai estarão ministrando aulas as artistas Mari Kanegae, Naomi Uezu e Zebina Ogasawara.

Bolo – Assim como nas edições anteriores haverá sorteio dos brindes nos workshops e participação gratuita de 12 alunos da Escola Estadual Major Arcy nos workshops de oshibana-e e kirigami.
Destaque também para o bolo do chef confeiteiro Luiz Toledo, que trabalha neste ramo da confeitaria por 20 anos e vice-campeão do reality da Record “Batalha de Confeiteiros”, comandada pelo chefe Buddy Valastro.
Luiz Toledo encomendou as flores de arte de oshibana-e para professora Alice para expor no evento do pro-magno Mara Cakes Fair 2019, a feira internacional de confeitaria e o bolo foi destaque do Expo Cake. Foi a primeira vez que a arte de oshibana-e enfeitou no ramo da confeitaria, uma parceria que enolveu o trabalho de dois grandes artistas – a professora Alice, que preparou as flores, e a arte do Luis Toledo na confeitaria.
Haverá ainda sorteio do quadro da professora Alice Midori imai “Gerberas” e toda arrecadação será revertida para Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer).

Público poderá encontrar uma gama opções como quadros, marcadores e pingentes (Aldo Shiguti)

Pioneira – Responsável pela introdução da arte do Oshibana-e no Brasil, a professora Alice Midori Imai morou e estudou no Japão entre 1995 a 1999, dedicando-se a essa arte na melhor instituição de ensino de Oshibana-e: a escola Fushigi Na Hana Club do consagrado mestre Nobuo Sugino. De volta ao Brasil, em fevereiro de 1999, teve que adaptar seus conhecimentos, pesquisando e dedicando à pesquisa de materiais naturais de Oshibana-e durante 4 anos devido à diferença do clima do Japão para começar dar as aulas no Brasil. Ela teve que estudar e pesquisar e adaptar todo material para começa dar aula, pois no Japão vende todo material de kits prontos, mas importar todo material seria impossível devido o custo de importação. A professora Alice dedica esta Arte de Oshibana-e por 26 anos.
A primeira Exposição de Oshibana-e foi realizada em 2000 no salão nobre do Bunkyo e recebemos a participação da mestra do Japão, Yumiko Kotaka (Coronet Atelier Heart) da Escola “Fushigi na Hana kurabu”.
Mestre Sugino, fundador de terceira geração da escola “Fushigi na Hana Kurabu”, também já esteve no Brasil a convite da professora. A partir da Exposição de 2001 houve participação dos alunos do Ateliê de Oshibana-e.
Alice Midori Imai recebeu a medalha de bronze na Categoria Arte Craft na Grande Exposição de Arte Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) em 2010 que marcou o início de reconhecimento desta arte “Oshibana-e” no Brasil. Quadro da Alice já foi exposto na Exposição na Itália também.
Em 2016 suas duas obras foram apresentadas na reabertura do Pavilhão Japonês no Parque Ibirapuera na Exposição “O olhar Japonês no Brasil” (21/01/2016 a 28/02/2016) que reuniram artistas de diferentes manifestações culturais no Parque Ibirapuera.
E em 2016 comemoramos os ensinamentos e orientação da Alice que a assistente Sra. Tieko Furuyama recebeu o prêmio de bronze na categoria Craft na Grande Exposição de Arte Bunkyo e mais 3 alunos foram classificados no mesmo evento.

Alice e Emi Imai com o chef Luiz Toledo (divulgação)

Relax – Alice Imai explica que, hoje, a arte do Oshibana-e está mais difundida no país, mas seu sonho é alcançar um número maior de pessoas. Como o aluno Diógenes Davanzo, que conheceu a professora há dois anos durante um Workshop no Sesc Pinheiros., “No início não me interessei, mas minha esposa participou e acabei me ineterssando depois. Na segunda oportunidade me inscrevi e acabei tomando gosto pela coisa”, explica Diogenes, acrescentandom que depois que começou a frequentar o curso com a professora Alice Imai está mais relaxado e mais observador.
“Ele é um aluno excelente aluno”, elogia Alice, lembrando que, em 2018 chegou a reunir cerca de 150 participantes em um único workshop no Sesc Pinheiros.
“Isso mostra o quanto a arte está sendo procurada”, conta a artista, destacando que, em 2020, pela primeira vez a arte do Oshibana-e fará parte da coleção “A Arte de Fazer Arte”, da Edsitora Saraiva. O livro, com tiragem de 10 mil exemplares, é voltado pçara o público infantil. “É uma forma de ensinar as crianças, desde cedo, a cuidar da natureza e, ao mesmo tempo, olhar ao seu redor deixando de lado os celulares”, explica a filha, Emi Imai.

18ª Exposição Oshibana-e da artista/professora Alice Imai e seus alunos
Onde: IACE (Instituto Arte Cerâmica) – Rua Frei Eusébio de Solenidade, 84 – Vila Mariana (próximo à estação Ana Rosa do metrô)
Quando: Sábado e domingo, das 9 às 18h30
Informações pelo telefone: 11/5573-8099

Programação de Workshop

Sábado (9/11)

Das 9h15 às 10h15: (Alunos Escola Pública)
Das 10h30 às 11h30: (Alunos da Escola Pública)
Das 14 às 15h: Oshibana-e
Das 15h15 às 16h15: Origami
Das 16h30 às 17h30: Oshibana-e

Domingo (10/11)

Das 9h15 às 10h15: Oshibana-e
Das 10h30 às 11h30: Kirigami
Das 14 às 15h: Oshibana-e
Das 15h15 às 16h15: Kirigami
Das 16h30 às 17h30: Oshibana-e

Comentários
Loading...