Badminton: Com cerca de 200 jogadores, 1ª edição da Copa Bunka SBC surpreende organizadores

Abertura oficial com Morio Minami, vereador Alexandre Mognon, secretário de Desenvlvimento de SBC, Hiroyuki Minami, Silvio Nakashima (pres Bunka), Valter Ribeiro, Gary Saito e Adriana Saito (Silvio Sano)
Abertura oficial com Morio Minami, vereador Alexandre Mognon, secretário de Desenvlvimento de SBC, Hiroyuki Minami, Silvio Nakashima (pres Bunka), Valter Ribeiro, Gary Saito e Adriana Saito (Silvio Sano)

Contando com 203 jogadores inscritos por 22 associações participantes, a I Copa Bunka SBC de Badminton, realizada nos dias 21 e 22 de abril, atingiu pleno e inesperado sucesso até aos organizadores. “Pensei que fôssemos ter de 30 a 40 inscritos, mas tivemos mais de 200”, exagerou na empolgação, Morio Minami, vice-presidente da associação. “Exageros à parte, foi realmente surpreendente porque, acompanhando a movimentação geral e experiência de outras, cheguei a pensar em até 150 jogadores, mas nunca esse número”, concordou com igual satisfação, Pedro Ivo Pahor, um dos professores de badminton da associação. “Achava até que no sábado encerraríamos no máximo às 19h e hoje às 16h. Que nada, sábado passou das 21h e domingo ocorreu o mesmo”, concluiu.

Equipe Bunka São Bernado do Campo (Silvio Sano)
Equipe Bunka São Bernado do Campo (Silvio Sano)

E a satisfação foi geral, tanto entre organizadores como às associações de fora porque, pela primeira vez, um torneio amistoso foi feito visando também o bem estar dos não jogadores (parentes, amigos e simpatizantes) com um esquema de refeições “à japonesa”, conforme contou Adriana Saito, esposa de jogador e mãe de três jogadoras. “Como o badminton ainda é amador, mas despende muito gasto, falei às mães, maioria não descendentes, que a única forma que conhecia para se arrecadar recurso era pelo sistema japonês do ‘baiten’, com comida feita por nós mesmas. Todas concordaram. Deu nisso. Comida caseira a preço acessível, além do ambiente agradável”.

Gary Saito, diretor do Departamento de Badminton (Silvio Sano)
Gary Saito, diretor do Departamento de Badminton (Silvio Sano)

“Sem contar a organização, tudo dentro do programado. Os encerramentos tardios foram apenas devido ao número de participantes”, completou Morio. “Nunca vi torneio sem atraso e sem reclamação de arbitragem. E olha que participo de quase todos. Não houve nada disso e com arbitragem feita por próprios jogadores, o que é mais arriscado nesse aspecto. Fair play sensacional!”, reforçou Arnaldo Rampado, proprietário da Badminton Brasil e jogador do Bunka SBC.

Esporte Clube Pinheiros (Silvio Sano)
Esporte Clube Pinheiros (Silvio Sano)

Retribuição – Valter Dias Ribeiro, um dos diretores do departamento é muito grato ao Bunka SBC pelo apoio desde o início. “Quando viemos com a proposta, em 2012, abriram-nos as portas de imediato, apesar da condição de que deveríamos nos associar. Topamos e hoje temos 65 jogadores, sendo 32 federados. E com apenas dois anos em torneios da federação já somos terceiro no ranking do estado”, mostrando ao bunka que a retribuição já está ocorrendo. “A recíproca também é verdadeira porque com a implantação do departamento mais de 70 famílias ligadas ao badminton se associaram e participam efetivamente de todos nossos eventos”, concordou Morio.

Livia, Bárbara, Luana, Melissa, Diogo, Alexandre (técnico), Gabriel, Arthur e Marcos (Silvio Sano)
Livia, Bárbara, Luana, Melissa, Diogo, Alexandre (técnico), Gabriel, Arthur e Marcos (Silvio Sano)

“Estão aqui campeões brasileiros e participantes de pan-americanos, como o Mateus Cutti, segundo do Brasil; o Leandro, que chegou a estar entre o 30 melhores do mundo; o Marquinhos, já classificado ao próximo Pan Júnior; o Gabriel, que participou no de dois anos atrás”, evidenciou Pedro Ivo, a qualidade técnica dessa I Copa.
O problema, como a maioria dos esportes amadores, é a falta de apoio financeiro. Mas o Bunka SBC já começa a colher frutos por seu sucesso, pois além da parceria natural com a Badminton Brasil, Gabriel Gomes, um de seus jogadores ganhou bolsa de estudo da UNIP, em Educação Física, com contrapartida de ter de jogar no circuito universitário pela instituição. Além de parcerias já consumadas com os colégios CEAC e Paraíso.

 

Abertura – À abertura oficial, ocorrida no sábado, compareceram Hiroyuki Minami, secretário do Desenvolvimento e Turismo, representando o prefeito Orlando Morando, e o vereador Alexandre Mogno, ex-secretário dos Esportes do município.
O departamento de badminton do Bunka SBC teve início em janeiro de 2012 e se tornou federado (FEBASP) em janeiro de 2016. Utilizam a quadra de terça a domingo da seguinte forma: 3ª e 5ª, das 17 às 19h, apenas para jogos; e para treinamento e aulas, 4ª e 6ª, das 18h às 22; sábados, das 8h às 19h; domingos, das 15h às 18h. Os diretores são Gary Yoshinori Saito e Valter Dias Ribeiro, com aulas ministradas por Alexandre Nobuhito Omura e Pedro Ivo Pahor. O endereço é Rua Bragança, 15, São Bernardo do Campo e telefone (11) 4125-6015.
“E olha, esse nosso pessoal, jogadores e pais, fizeram mesmo por merecer o sucesso alcançado porque desde quando decidimos pela realização, três meses atrás, achando que o acabamento não estaria à altura do evento, resolveram pintar, eles mesmos, não apenas as linhas das quadras como até as paredes e o logotipo. Não está bonito?”, encerrou, Adriana, feliz pelo sucesso dessa realização.
(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

Lista dos campeões
Categoria Simples

Masculina A – Luiz E. Martinez (CAP)
Masculina B – Filipe Motta (Orion)
Masculina Sub 15 – Caio Akira (BUNKA SBC)
Masculina Sub 13 – Luca Galhanone (ECP)
Masculina Sub 11 – Daniel Kayahara (BUNKA SBC)
Masculina Sênior – Alexandre Omura (BUNKA SBC)
Masculina Veterano – Ricardo Kioshi Saito (BUNKA SBC)
Feminina A – Aline Yumi Miyabara (CAP)
Feminina B – Julia Yamamoto (BUNKA SBC)
Feminina Sub 13 – Amanda Sanches (NEUSA)
Feminina Sub 11 – Laís Yumi Oga (Nippon)

Categoria Duplas
Masculina A – Leandro Santos (CAP)/Paulo Scala (AVL)
Masculina B – Marcus Oliani (BUNKA SBC)/ Thiago Trambaioli (BUNKA SBC)
Masculina Sub 13 – Caio Yoshizumi (NIPPON)/Daniel Akira Hamasaki (NIPPON)
Masculina Sub 11 – Daniel Kayahara (BUNKA SBC)/Justinien Briceno (CSA)
Masculina Sênior – Chul An Lee (AVL)/Jong Tae Park (AVL)
Masculina Veterano – Gerson Cellotto (BUNKA SCS)/Ricardo Moro Costa (BUNKA SCS)
Feminina A – Isabela Galvão (ITAPÊ)/Leticia Konno (ITAPÊ)
Feminina B – Luana Tamayose (BUNKA SBC)/Melissa Tamayose (BUNKA SBC)
Feminina Sub 13 – Laís Yumi Oga (NIPPON)/ Saori Milani Kaida (NIPPON)
Feminina Sênior – Katia Hiromi Ishiyama (NIPPON)/Uli Mirella (BUNKA SCS)
Mista A – Aline Yumi Miyabara (CAP)/Lucca Trovarelli (CAP)
Mista B – Melissa Saito (BUNKA SBC)/Nathan Vieira (BUNKA SBC)
Mista Sub 15 – Leticia Hayakawa (BUNKA SBC)/ Vinicius Veloso (BUNKA SBC)
Mista Sub 13 – Laura Dayko (SBB)/Pedro Tirolli (SBB)
Mista Sub 11 – Nicole Saito (BUNKA SBC)/Kaio Nogueira (BUNKA SBC)
Mista Veterano – Hao Min Huai (ACE)/GilsonGuizaedi (ACE)
Mista Sênior – Uli Mirella (BUNKA SCS)/Gerson Cellotto (BUNKA SCS)

Não Federados
Simples Masculina C – Gianfranco Dieguez (ECP)
Simples Feminina C – Iara Martins (STAGIO)
Simples Masculina Sub 15 – Raphael Pisani (CSA)
Dupla Masculina C – Marcos Oliveira (FATEC ITAQUA)/William dos Santos (FATEC ITAQUA)
Dupla Feminina C – Julia Bae (MAX)/Sonju Yoo (MAX)
Dupla Mista C – Sonju Yoo (MAX)/Pedro Kang (MAX)

Associações Participantes e Siglas
ACE Nipo-Brasileira de Osasco (ACENBO), Associação Global de Badminton (AGB), Avulso (AVL), Bunka São Bernardo do Campo (BUNKA SBC), Bunka São Caetano do Sul (BUNKA SCS), CA Paulistano (CAP), Colégio CEAC (CEAC), CEMU Garaguatatuba (CEMUG), Colégio Santo Agostinho (CSA), EC Pinheiros (ECP), FATEC Itaquaquecetuba (FATEC ITAQUA); Itapetininga (ITAPÊ), Juquery Badminton (JB), Max Badminton (MAX), Colégio Mirassol (Mirassol), Nippon Country Club (NIPPON), Clube Orion de São José dos Campos (Orion), Santos Atlhetic Club (SAC), São Bernardo Badminton (SBB), SESC POMPÉIA, Colégio Stagio (STAGIO) e Universidade de São Paulo (USP).

Comentários
Loading...