9º Festival do Japão supera chuva e celebra sucesso de público

Walter Ihoshi discursa durante o 9º Festival do Vinhedo: “comunidade totalmente integrada” (Aldo Shiguti)
Walter Ihoshi discursa durante o 9º Festival do Vinhedo: “comunidade totalmente integrada” (Aldo Shiguti)

Diz o ditado popular que “depois da chuva vem a bonança”. E assim foi com o Festival do Japão de Vinhedo, que este ano chegou a sua 9ª edição nos dias 19 e 20, no Parque Municipal Jayme Ferragut. O temporal de sábado, que durou praticamente 15 minutos, destruiu parte da estrutura do palco, que teve que ser refeito. Mas nada que tirasse o ânimo de organizadores e expositores. “Teve que ser na raça mesmo”, disse Mitio Kobayashi, presidente da Acenvi – Associação Cultural e Esportiva de Vinhedo – entidade responsável pela realização do evento.

No final, o balanço acabou sendo extremamente positivo. “O público superou nossas expectativas”, disse Kobayashi, lembrando que, no domingo, com o tempo bom, “não dava nem para andar”.
Quem prestigiou o evento pela primeira vez foi o deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP). “É a primeira vez que visito o Festival do Japão de Vinhedo, mas de antemão dá para ver que trata-se de um evento muito bonito e muito bem organizado”, explicou Ihoshi, que destacou a “calorosa recepção” do presidente da Acenvi.
“Fomos muito bem recebidos pelo Mitio Kobayashi e pelo representante do Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas, Tadayoshi Hanada. Ficamos felizes de ver a comunidade nikkei de Vinhedo totalmente integrada. A gente percebe que a comunidade daqui não é tão grande como em outras cidades mas em compensação a integração e a admiração que a população tem pela cultura japonesa são enormes”, destacou o parlamentar.

Apresentação de dança (Aldo Shiguti)
Apresentação de dança (Aldo Shiguti)

Amizade – Mitio Kobayashi confirmou à reportagem do Jornal Nippak que Vinhedos conta com cerca de 150 famílias nikkeis, sendo que cerca de 60 são associadas à Acenvi. “Nossa comunidade é pequena, mas realizamos um grande espetáculo graças à parceria e relação de amizade que temos com outras cidades, como Campinas, Jundiaí, Atibaia e Indaiatuba”, afirmou Kobayashi, acrescentando que o evento tem como objetivo divulgar e preservar a cultura e as tradições japonesas a partir da apresentação da cultura, gastronomia e artes.
Na edição deste ano, que fez parte da programação dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, o público conferiu uma série de atrações como apresentação de taiko, danças folclóricas e shows musicais.

Comentários
Loading...