Arquivos diários

9 de dezembro de 2018

CANTO DO BACURI > Mari Satake: Dezembro

Tarde da noite. Silêncio na vizinhança. Vez ou outra, de muito longe, escuta o apito do guarda noturno que percorre pelas ruas. Pensa nas suas longas noites improdutivas. Se ao menos ainda pudesse ir até o mar para nadar. Mas agora, isso…